domingo, 31 de março de 2019

O amor de Deus pelos seus

Irmãos e amigos, 
Graça e Paz!

Vamos meditar no texto da Palavra do Senhor que encontra-se no Santo Evangelho segundo João, capítulo 3 versículo 16: "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que enviou o seu filho unigênito para que todo aquele que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna".


Como um Deus santo poderia amar o pecador? O salário do pecado é a morte, mas Deus quis, para sua própria glória e louvor, nos conceder a vida eterna em Cristo Jesus, o único caminho da justificação (Leia Romanos 6.23 e 3.26). 

Nicodemus, fariseu, foi ter com Jesus e foi exortado sobre o estado da sua vida religiosa: morta e vazia. Ele precisava nascer de novo, aceitar o testemunho da verdade e confiar no sacrifício da cruz colocando toda sua esperança naquele que seria levantado no Calvário para receber o castigo que nos concede paz (João 3.1-15).

A palavra “mundo” tem várias aplicações: 1. O mundo físico, obra do Criador; 2. O sistema pecaminoso contrário a Deus e ao Evangelho; 3. Todos os habitantes do mundo; 4. As várias etnias que permeiam os povos; etc. 

Aqui, em João 3.16, olhando para o contexto, percebemos que mundo se refere àqueles que viriam a crer em Cristo (v. 17) e também aos que não creram (v. 19). 

Existe um sentido em Jesus veio para todos: ele testemunhou e pregou sem exceção; porém, existe um sentido em que ele veio para alguns, aqueles que o aceitam, ouvem a sua voz e podem ser chamados de ovelhas, pelos quais entregou sua vida: “dou a minha vida pelas ovelhas.” _(João 10.15). 

O amor de Deus é gracioso. Ele amou os pecadores maus e indignos. Provou o seu amor eterno enviando, entregando e sacrificando seu Filho Amado. 

Ouça Deus falar ao seu coração: Com amor eterno eu te amei. Que possamos crer e dizer como Paulo: Ele me amou e se entregou por mim (Leia Jeremias 31.3; Gálatas 2.20).

Com amor, 
Prof. Fábio Luiz. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Amados (as) irmãos (as),
Poste aqui o seu comentário, suas dúvidas, suas sugestões!