domingo, 15 de outubro de 2017

Transformação pela Palavra.

Queridos irmãos e amigos,
Que a paz esteja convosco!

Dando continuidade à semana de Aniversário do Ministério Frutos de Justiça, eu tenho uma Palavra de Deus para ofertar na sua vida. Vamos refletir no texto de Salmos 51.10-12: "Cria em mim um coração puro, ó Deus, e renova dentro de mim um espírito inabalável. Não me expulses da tua presença nem tire de mim o teu Santo Espírito. Devolve-me a alegria da tua salvação e sustenta-me com um espírito pronto a obedecer".


Há 12 anos, quando o Espírito do Senhor fundou, através de mim, o Ministério Frutos de Justiça, tínhamos um sonho... Um projeto... Ser instrumentos de Deus para a transformação de pessoas! Ser usados por Deus para consolidar vidas por meio do ensino da Palavra, levando-as a serem melhores do que elas normalmente tem sido. Nosso maior projeto sempre foi formar e consolidar cristãos de qualidade, que manejem a espada do Espírito. 

Como o meu coração se alegre, ao ver os resultados destes primeiros doze anos de duro trabalho. Você é um fruto do nosso Ministério. Consolidamos um projeto, uma visão, uma liderança que irá permanecer por gerações. O MinFruj, hoje, está passando por um período de transição de liderança, mas uma certeza você pode ter: os valores permanecerão, as doutrinas permanecerão e a visão permanecerá. 

Muitos falam, nos dias atuais, sobre avivamento. Entretanto, a visão de avivamento que muitos carregam dentro das igrejas é uma visão equivocada. Muitos pensam que ser avivado é falar em línguas, gritar, pular, rodopiar, cair na unção, tremer, chorar, gemer. Esses são manifestações do Espírito, avivamento é outra coisa. Avivamento está ligado à transformação de mente e caráter. Avivamento está ligado à mudança de vida, de postura, de pensamentos. Avivamento é fazer o que o GPS faz quando entramos na rua errada: "Recalculando a rota". 

Avivamento foi o que viveu Davi no Salmo 51. É inimaginável pensar em um rei, no auge de seu poder e glória, se quebrantar e prostrar admitindo que não é nada! Um rei humilhado, caído ao chão, admitindo ser um adúltero e um homicida, clamando pela misericórdia de um Deus altíssimo: isso é um avivamento. 

A mudança que tanto desejamos vivenciar para que a nossa vida esteja alinhada ao Reino de Deus não é uma simples mudança de roupas, de acessórios ou de aparência. É uma mudança que vem de dentro para fora. É como uma fonte de águas vivas que nos jorram de forma a nos encher e transbordar a tal ponto, que inevitavelmente jogue para fora toda a sujeira e contaminação que venham nos distanciar da direção original. 

Davi sendo um rei, reconheceu a sua miséria humana. Por isso ele foi considerado um homem segundo o coração de Deus, porque ele entendeu o propósito. Quando Davi pede a Deus para purificá-lo de seus pecados, ele estava recalculando a rota, ele estava sendo transformado pela Palavra de Deus e sendo recriado em espírito e em alma. 

Que esta oração possa ser uma verdade e fazer parte de nossa vida. Quando errarmos a rota, que a misericórdia de Deus possa se fazer presente e nos sustentar. 

Que Deus te abençoe e um bom domingo. 




Deus acredita no seu chamado, e você?

E José disse: — Cheguem mais perto de mim, por favor. Eles chegaram, e ele continuou: — Eu sou o seu irmão José, aquele que vocês v...