domingo, 10 de setembro de 2017

Fazendo escolhas acertadas


Independente de quanto tempo temos como cristãos, o quão amadurecidos podemos ser e o quão sensível sejamos ao ouvir a voz do Espírito Santo, precisamos ser guiados por Deus em todo o tempo, basta um momento, uma decisão simples que devemos tomar e no ato de não colocar os pormenores nas mãos do Senhor, todo um curso de vida pode ser prejudicado.

Vejamos o Apóstolo Paulo, que tanto fez pelo evangelho de Cristo, em um momento de decisões e escolhas deixou-se ser guiado pelo Espírito Santo e permitiu que verdadeiramente a palavra do Senhor, as palavras que vem do trono de Deus fossem como Lâmpadas que iluminassem os seus caminhos (Salmos 119.105).

Tomaremos como referência o texto de Atos dos Apóstolos capítulo 16 versículos do 6 ao 10: “E, passando pela Frígia e pela província da Galácia, foram impedidos pelo Espírito Santo de anunciar a palavra na Ásia. E, quando chegaram a Mísia, intentavam ir para Bitínia, mas o Espírito não lho permitiu. E, tendo passado por Mísia, desceram a Trôade. E Paulo teve de noite uma visão, em que se apresentou um homem da Macedônia, e lhe rogou, dizendo: Passa à Macedônia, e ajuda-nos. E, logo depois desta visão, procuramos partir para a Macedônia, concluindo que o Senhor nos chamava para lhes anunciarmos o evangelho”.

Paulo cheio da virtude do alto, não deixando de falar da graça de Cristo intentou em seu coração ir para duas localidades para pregar o evangelho, porém foi impedido pelo Espírito Santo, suas intenções eram ótimas, se estivéssemos ao lado dele provavelmente iríamos aplaudi-lo pela iniciativa. Mas não só pela boa vontade devemos ser levados e sim estar debaixo do plano soberano. Primeiro o Apóstolo buscou ir pregar a palavra na província da Ásia, mas foi impedido pelo Espírito Santo (Atos 16.6), posteriormente intentou ir pregar junto com seus companheiros na Bítinia, "mas o Espírito de Jesus os impediu"(Atos 16.7).

Paulo não brigou contra a vontade divina, querendo forçar para que suas escolhas prevalecessem, apenas ficou sensível ao ponto de ouvir em todos os instantes a voz que vem do alto. Finalmente sua mente foi iluminada ao ponto de ficar bem claro, qual era o caminho que ele devia seguir, quando durante a noite teve uma visão que lhe direciona para a Macedônia.


E Paulo teve de noite uma visão, em que se apresentou um homem da Macedônia, e lhe rogou, dizendo: Passa à Macedônia, e ajuda-nos_(Atos 16.9)

O Espírito Santo enviado por Jesus, o outro consolador, tem um ministério de ensino excelente, faz aquilo que nem o maior intelectual que o mundo possa ter conhecido conseguiu fazer, ou seja ensinar aos outros homens todas as coisas, como podemos ver no Evangelho de João capítulo 14.26, onde a palavra nos diz, que ele nos ensinaria todas as coisas e nos faria lembrar de tudo o que o Senhor Jesus nos tinha dado como ensino: Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito”._(João 14.26)

Sejamos guiados nesses tempos, de difíceis escolhas e decisões por aquele que pode nos levar a caminhos de paz, harmonia, provisão e nós aproximar ainda mais dele e de sua divina vontade.


Pr. Gerson

O Fogo, a Água e a Oportunidade

Os três se encontraram, a oportunidade perguntou: -De onde vocês são?  E o fogo respondeu: -Eu estou nas guerras, nos vulcões,  ...