segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Estudo do Livro de Provérbios: Lição 1 - Busque a Sabedoria.



Queridos irmãos e amigos, 
Que a paz esteja convosco!

Estamos iniciando hoje um estudo de trinta dias sobre o livro de Provérbios. Este era um projeto que já estava em meu coração há algum tempo, e que agora o Senhor nos proporcionou concretizá-lo, pois tudo acontece no tempo do Senhor e debaixo de Sua Soberana vontade.

O objetivo deste Estudo Bíblico oferecido pelo Núcleo de Consolidação da Fé do nosso Centro de Treinamento, é trazer ao leitor, princípios de sabedoria que são extremamente necessários em nosso dia-a-dia, seja na vivência cristã, seja nas decisões implícitas à nossa rotina. 

Ao aprender as valiosas lições ensinadas por Salomão, esperamos que todos nós nos tornemos mais sábios, a fim de vivermos uma vida pautada em valores que agradam ao nosso Deus. Para esta primeira lição, gostaria de meditar com a amada Igreja um texto de Provérbios 1.20-22: "A sabedoria clama em alta voz nas ruas, ergue a voz nas praças públicas; nas esquinas das ruas barulhentas ela clama, nas portas da cidade faz o seu discurso: Até quando vocês, inexperientes, irão contentar-se com a sua inexperiência? Vocês, zombadores, até quando terão prazer na zombaria? E vocês, tolos, até quando desprezarão o conhecimento?".

Entendendo o propósito do Livro

Salomão deixou claro nos sete primeiros versículos do Livro de Provérbios, qual é o propósito de seu texto: "Eles ajudarão a experimentar a sabedoria e a disciplina; a compreender as palavras que dão entendimento; a viver com disciplina e sensatez, fazendo o que é justo, direito e correto; ajudarão a dar prudência aos inexperientes e conhecimento e bom senso aos jovens". (1.2-4).

Em outras palavras, o livro de Provérbios tem o propósito de servir de manual, de guia para uma vivência cristã pautada em práticas que agradam a Deus. Salomão reforçou em seu texto, que o objetivo maior deste livro é despertar no leitor o temor a Deus. "O temor do Senhor é o princípio da sabedoria". (1.7a). 

Portanto, para iniciarmos as lições que o Senhor deseja nos ensinar nos próximos 30 dias, devemos temer ao Senhor acima de qualquer outra coisa. Temor significa respeito, reverência pelo Senhor. Temer a Deus significa reconhecer Sua Soberania e nos sujeitarmos a ela. Portanto, é de extrema importância você se despir de qualquer pré-conceito formulado e de seus valores adquiridos, a fim de estar com o coração e a mente abertos para receber o novo de Deus, que será ensinado a partir de hoje. 

Compreendendo a sabedoria como meta de vida.

Segundo o Novo Comentário Bíblico do Antigo Testamento, o conceito de "sabedoria" refere-se à capacidade, o que pode ser adquirida em nossa vida quando colocamos em prática os ensinamentos dados por Deus. Nos versículos 2 e 3, os verbos "conhecer", "entender" e "receber" está ligado diretamente às formas de se adquirir esta sabedoria.

O grande problema é que muitas vezes vamos às igrejas e ouvimos grandes pregações. Belas e eloquentes, muitas vezes nos emociona e nos leva às lágrimas. Ouvimos pregações na rádio, na internet e na TV. Mas a grande dificuldade é encontrar um sentido prático, em nossas vidas, para estas mensagens. É aí que o nosso coração se fecha, endurecemos a servis e nos tornamos aqueles que tem ouvidos, mas não ouvem. Ou até mesmo ouvem, mas não assimilam, não recebem.

Como vimos anteriormente, o objetivo de Provérbios é franco e direto: conhecer a sabedoria. A sabedoria deve guiar nossa vida, nossas escolhas, nossos pensamentos e nossas palavras; pois a sabedoria sempre nos guiará ao centro da vontade de Deus. Sempre nos guiará à um estilo de vida que O agrade. Por isso é necessário buscarmos-na até mesmo para as situações mais corriqueiras e simples. 

Como lemos no versículo 3, a sabedoria permeia uma vida inteira, ela exige a mudança de comportamento e um comprometimento maior com a Justiça de Deus. Salomão poderia ter escolhido pedir qualquer bem material ao Senhor, mas ao pedir sabedoria, ele agradou a Deus. E por consequência o Senhor lhe deu fama, poder e riqueza. Portanto, a sabedoria deve preceder coisas materiais em nossas orações. A sabedoria nos leva ao crescimento, pois nos torna mais prudentes. 


Aplicação pessoal


O Senhor nos convida, através deste primeiro estudo, a colocarmos a sabedoria como primazia em nossas vidas. Nos versículos 10 a 14, Salomão traz uma importante advertência aos jovens: Não devemos nos misturar com os criminosos. Isso espelha uma situação muito típica em nossa sociedade, pois os jovens, seja na escola ou na comunidade onde vivem, tomam como referências pessoas cujo padrão ético e moral de vida não condizem com a Palavra de Deus. 

Para buscar sabedoria, o primeiro passo deve ser nos afastarmos destas pessoas que não agradam o nosso Deus, pois o tipo de influência que elas exalarão em nossas vidas colocará a perder todo o nosso esforço em viver uma vida de sabedoria. O autor nos aconselha a termos cautela para com essas pessoas, a fim de que não venhamos cair em suas redes.

No final do capítulo, Salomão se dirige aos néscios, isto é, aqueles que tem pouca sabedoria e que ainda não encontraram uma direção certa para a sua vida. Pode ser que muitos que estão lendo este estudo se encontram nesta situação. Estes ensinamentos repreende o que é mal e apontam para o que é bom, ressaltando que aqueles que desprezam a sabedoria não terão suas orações ouvidas pelo Senhor. (Versículos 28 a 33).

Rejeitar a sabedoria nos leva à destruição, mas quando buscamos a sabedoria e a colocamos como um estilo de vida encontramos segurança e paz. Foi por esta razão, que o Ministério Frutos de Justiça se sentiu impelido a dar início a este estudo. 

Que Deus te abençoe. 
Fábio Luiz.

O Fogo, a Água e a Oportunidade

Os três se encontraram, a oportunidade perguntou: -De onde vocês são?  E o fogo respondeu: -Eu estou nas guerras, nos vulcões,  ...