Projeto de Vida 2016 #AnúncioOficial


Boa tarde povo do Senhor,
Que a Paz esteja convosco!

Estamos findando mais um ano, e sempre que isso acontece temos o costume de buscar de Deus uma direção para o ano que se iniciará. E pautados na visão que Deus nos dá, nos posicionamos durante todo o ano para cumprir o propósito correspondente. A direção que o Senhor nos deu desta vez, é de que 2016 será o "Ano Profético de Esdras". Vamos compreender melhor o que isto significa e o que o Senhor quer tratar em nossas vidas durante o ano de 2016.

 "... porque a boa mão do Senhor estava sobre ele. Porque Esdras tinha preparado o seu coração para buscar a Lei do Senhor, e para cumprir, e para ensinar em Israel os seus estatutos e os seus direitos". _(Esdras 7.9-10)

O Contexto Histórico

Israel viveu os últimos dias antes do exílio práticas abomináveis diante do Senhor. A nação perdeu o temor a Deus e por esta razão, o Senhor predisse, através do Profeta Jeremias o cativeiro Babilônico.

Ao levar os hebreus à Babilônia, Nabucodonosor destruiu toda Jerusalém. O templo, os muros, as casas e as cidades estavam arruinadas. Os utensílios sagrados do templo foram saqueados e levados aos templos pagãos dos babilônicos. Entretanto, como o Senhor é fiel e justo para cumprir Sua Palavra; após mais de 60 anos de cativeiro, Deus moveu o coração do regente da Babilônia, o rei Ciro da Pérsia, para publicar um decreto permitindo o retorno dos exilados a Jerusalém; a fim de reconstruir o templo, os muros e a cidade.

O primeiro grupo foi conduzido por Zorobabel, que liderou o início da reconstrução do templo. Aproximadamente 60 anos depois, outro grupo de exilados sob a liderança de Esdras chega a Jerusalém. Este segundo grupo foi enviado pelo rei persa Artaxerxes, com somas em dinheiro e outros recursos para intensificar a reconstrução do templo. Esdras é comicionado pelo rei para escolher líderes em Jerusalém para supervisionar o povo. O terceiro, e último grupo, foi conduzido por Neemias, que liderou a reconstrução dos muros da cidade.

O Ofício de Esdras: O Sacerdócio por excelência

Esdras era um sacerdote que assumiu o ministério de reformador espiritual. O ministério de Esdras e Neemias ocorreram de forma paralela e complementar. Enquanto Neemias era responsável por reconstruir os muros e reparar os danos físicos da cidade, Esdras era o grande responsável por reparar os "muros espirituais" de Jerusalém. Sacerdote por excelência que era, Esdras restaurou o culto ao Senhor, levantou sacerdotes, e restaurou a adoração e o Altar do Senhor. Esdras encontrou a realidade de uma nação que tinha adotado muitas práticas pagãs; e ele chama Israel ao arrependimento e a uma vida renovada de submissão a Deus. Esdras causou em sua nação um grande avivamento e uma grande revolução espiritual em sua nação. Estabeleceu firmemente a Lei com a base da fé. 

Um ensinamento para a nação

Esdras encontrou uma nação destruída espiritual, fisicamente e moralmente. Não obstante e não diferentes das circunstância em que nossa nação está vivendo na era contemporânea. Israel havia se corrompido e por isso estava sofrendo. Ao passo que atualmente observamos uma nação aleijada, uma nação que se arrasta talvez não fisicamente mas de certo emocionalmente. O Brasil é a nação que se afastou do Senhor! O Brasil é a nação que corrompeu suas leis, seus costumes, seus valores, sua história! O Brasil é a nação que se desviou do que é correto e íntegro; mergulhando na prostituição espiritual, na idolatria, na imoralidade, na corrupção. Não é a toa que ouvimos falar de corrupção e de crise econômica. 

Pesquisadores afirmam que o Brasil teria de tudo para se tornar uma das maiores potências do mundo, uma vez que é uma nação com fartos recursos e abundância de riquezas. Mas porque não procede? Porque a nação escolheu para si líderes corrompidos, com a visão deturpada, sem temor a Deus, sem competência ou sabedoria administrativa. A consequência, todos pagamos! Uma nação febril, uma nação doente, uma nação que se arrasta!

Uma Igreja enferma 

O altar das igrejas está cheio de pessoas doentes! Está cheio de pessoas que vivem uma vida de inconstância, instabilidades, que vivem uma vida desregrada e religiosa. Por isso, a Igreja encontra-se igualmente doentes. Muitas pessoas cantam, louvam, pregam, evangelizam; mas suas vidas estão distantes do Senhor, seus corações estão distantes de Deus. Algumas pessoas hoje, se apoiam nas igrejas como muletas para dar suporte às suas vaidades. Querem viver suas vidas ao seu bel prazer, segundo o seu próprio juízo de valores e segundo a sua própria vontade. A Igreja de Deus na Terra encontra-se doente, encontra-se aleijada.

Muitos líderes tem cedido à pressão dos vaidosos e proporcionado dentro das igrejas muito espetáculo desprovido de qualquer espiritualidade. Como já comentamos em outras mensagens, a moda hoje é ser gospel. 

2016: O ano de exercer o sacerdócio por excelência em uma sociedade cega pela religiosidade e pelo pecado. 

2016 será o ano de anunciar a transformação. Será o ano de viver a transformação, mudar nossas posturas, nosso posicionamento, nossas palavras afim de vivermos uma real transformação. Ser um sacerdote por excelência significa não apenas pregar uma transformação, mas viver uma vida transformada. Esdras tinha uma mente transformada, uma mentalidade inovadora! Esdras escolheu ser a diferença em um contexto aonde todos eram iguais. O seu posicionamento e as suas escolhas o levou a viver um ministério bem-sucedido. 

O Ministério Frutos de Justiça tem se empenhado a fazer isto. A pregar não apenas para o comodismo ou conforto de muitos, mas a provocar uma mudança radical em todas as áreas. A transformação não ocorre de fora para dentro, mas sim de dentro para fora. Quando construírmos em nós uma mentalidade diferente, uma mentalidade de Esdras, uma visão de Esdras poderemos ver as pessoas a nossa volta sofrerem esta transformação também! É assim que ganharemos para o Reino os nossos amigos, os nossos familiares e a nossa vizinhança. 

Viver um sacerdócio por excelência é andarmos realmente em novidade. Viver um sacerdócio por excelência é estarmos com nossos corações inclinados a viver uma vida íntegra, honesta, santa, correta, justa em todas as áreas. Viver um sacerdócio por excelência é andarmos dignamente diante da sociedade e dos homens, é andarmos em obediência segundo a vontade de Deus e não a nossa. Viver um sacerdócio por excelência é viver uma vida de intimidade, de busca, de comunhão, de intensidade e de relacionamento com Deus.

Ao compreendermos estes princípios, compreenderemos também que viver um sacerdócio por excelência é muito mais do que pregar, do que cantar, do que evangelizar, do que dançar. Compreenderemos que é viver como Cristo viveu neste mundo, submisso a vontade do Pai e sendo separado e  diferente por onde quer que ele andasse. Está na hora de deixarmos a religiosidade de lado, de fazer as coisas por fazer, de ir a igreja ou buscar a Deus por um costume, por uma tradição ou por algo que Ele poderá nos favorecer. Está na hora de vivermos da forma como Deus quer que vivamos neste mundo, como Esdras.

Uma vez iniciada esta mudança em nós, a transformação alcançará a nossa casa, a nossa família e gradativamente ela irá alcançar a nossa vizinhança, o nosso bairro, a nossa igreja, a nossa escola, o nosso local de trabalho, a nossa cidade, o nosso estado e finalmente a nossa nação. Assim, finalmente veremos a tão sonhada mudança na economia, na política, na igreja etc.

VOCÊ ESTÁ DISPOSTO A PAGAR O PREÇO para iniciar esta TRANSFORMAÇÃO? Você está disposto a viver em 2016 um SACERDÓCIO POR EXCELÊNCIA? Então, junte-se a nós! Bem-vindo ao Ano Profético de Esdras. 

Fique por dentro