sábado, 19 de dezembro de 2015

A batalha dos deuses (8° parte)


 Que a paz esteja com todos,

 Se você não estiver disposto a deixá-lo ir, mandarei nuvens de gafanhotos ao seu território amanhã.
Serão tantos que cobrirão a terra, a ponto de não se pode enxergar coisa alguma. Eles devorarão tudo que sobrou dos estragos feitos pela chuva de pedras e todas as árvores que estiverem brotando no campo.
 Eles vão invadir os seus palácios, as casas dos seus oficiais e todas as casas dos egípcios. Algo que seus pais e antepassados jamais viram, desde o dia em que entraram nesta terra até o dia de hoje!’” E Moisés deu as costas ao faraó e saiu. (Êxodo, 10.4-6).


 Mais uma vez, a nação mais poderosa do mundo é assolada por mais uma praga o Egito. estava sofrendo pela última praga a chuva de pedra que destruiu os campos e as plantações quase tudo foi destruído, agora Deus usa a vida de Moisés mais uma vez para anunciar mais uma praga. Agora Deus vai mandar uma nuvem de gafanhotos para destruir tudo que a chuva de pedra não destruiu.

 Com essa praga, Deus está desafiando a deusa Isis que é a protetora da natureza e das plantações.
Isis foi cultuada e adorada em inúmeros lugares, no Egito, no Império Romano, na Grécia e na Alemanha. Quando seu amado Osíris foi assassinado e desmembrado pelo seu irmão Set, que espalhou seus pedaços por todo o Egito, Isis procurou-os e os juntou novamente. Ela achou todos eles, menos seu órgão sexual, que substitui por um membro de ouro. Através de magia e das artes de cura, Osíris volta à vida. Em seguida, ela concebe seu filho solar Hórus.
Os egípcios ainda mantêm um festival conhecido como a Noite da Lágrima. Tal festival tem sido preservado pelos árabes como o festival junino de Letal-al-Nuta.
Isis, deusa da lua, também é Mãe da Natureza. Ela nos diz que para este mundo continuar a existir tudo que é criado um dia precisa ser destruído. Isis determina que não deva haver harmonia perpétua, com o bem sempre no ascendente. Ao contrário, deseja que sempre exista o conflito entre os poderes do crescimento e da destruição. O processa da vida, caminha sobre estes opostos. O que chamamos de "processo da vida", não é idêntico ao bem-estar da forma na qual a vida está neste momento manifesta, mas pertence ao reino espiritual no qual se baseia a manifestação material.

 Os gafanhotos destruíram tudo o povo do Egito ficou sem alimentos, Deus mostrou mais uma vez o seu poder sobre tudo que existe. Mostrou para o mundo que só tem um poder sobre a natureza e as plantações.

 Plantarei árvores no deserto: o cedro, a acácia, a murta e a oliveira. Nas terras secas plantarei o cipreste, o olmo e o pinheiro.
 Todos verão esse milagre e compreenderão que foi a mão do SENHOR, o Santo de Israel, quem fez tudo isso. (Isaías, 41.19-20)

 É Deus que faz plantas crescerem e dar frutos, que faz a chuva cai sobre todo mundo.  Só Deus pode dar a vida a todas as criaturas, mais uma vez Deus sai vitorioso sobre os deuses do Egito.


Tenha uma semana de vitória para você e a sua família.


Deus cuida de mim (Kleber Lucas) na voz de Eyshila





Uma decisão que mudança de vidas!

Antes que os espiões fossem dormir, Raabe subiu ao terraço e disse a eles:  — Eu sei que o Senhor deu esta terra a vocês, os...