domingo, 13 de setembro de 2015

Deus é o Senhor do tempo e para Ele não há limitações temporais

"Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu. Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou; tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar; tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar; tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar; tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de lançar fora; tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar; tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz"._(Eclesiastes 3)

Todos nós temos promessas do Senhor. Quer promessas feitas através das Escrituras, quer promessas dirigidas diretamente a nós em nossos momentos de relacionamento com Deus. Durante muitos anos eu fui um jovem muito ansioso, sofria muito na espera para ver as coisas acontecer. Desesperava-me a ponto de sair fazendo loucuras, tomando decisões precipitadas e o que é pior, sem a direção de Deus. No inicio do meu ministério episcopal Deus tratou comigo sobre o assunto da ansiedade e a medida que eu ministrava na igreja, eu tomava posse da Palavra e percebia que este sentimento é ruim e que só traz danos em vez de benefícios. Em meu relacionamento com Deus, aprendi a abandonar a ansiedade e hoje, a venci completamente. 

Creio que Salomão ao escrever o livro de Eclesiastes, e viu em um emaranhado de sentimentos: culpa e arrependimento por suas vaidades pessoais que se sobressaíram ao seu ministério, medo e angústia, ansiedade e um desejo muito grande de voltar atrás e começar de novo, sem cometer os erros que outrora havia cometido. 

E Salomão, em meio à sabedoria dada por Deus a ele, compreendeu que existia um fator que ele não conseguia controlar e que só Deus poderia controlar: O TEMPO.

Este é o fato hoje que tem levado pessoas ao desespero, à depressão, à ansiedade, por seu desejo desesperado de controlar o tempo que só Deus pode controlar. Quantas pessoas, hoje, pagam consequências de seus erros, mas não podem simplesmente voltar no tempo e consertá-los. Como grandes amigos ou pessoas que mantinham um relacionamento muito intimo e que após uma discussão elas rompem a amizade, e os dois muito orgulhosos não querem dar o primeiro passo na reconciliação e daí uma das duas pessoas morre e a outra se sente amargurada por perder aquela pessoa querida sem a reconciliação. 

Ou como no caso daquela pessoa que está desejosa de voltar no tempo e concertar aquele erro que a levou a ser demitida da empresa. Ou como aquela pessoa que gostaria de voltar no tempo e não ter dito àquela palavra que feriu seu cônjuge e que os levou às portas do divórcio. 

Meus queridos irmãos, a maior frustração do homem é não deter o poder sobre o tempo, pois somente Deus é o Senhor do tempo. Existe uma música chamada Na força do Louvor e em sua introdução a Bispa Sônia Hernandes pronuncia uma frase muito verdadeira: “De onde vêm os séculos? As épocas? As eras? Quem pode dizer é dia disto ou dia daquilo? Tudo está nas mãos de Deus”. 

De tal forma procede a Palavra de Deus, as bênçãos e as promessas. Mas quando uma Palavra Profética nos é liberada, achamos que ela tem que se cumprir imediatamente e não é assim, a forma como Deus trabalha. Se você analisar cuidadosamente as escrituras, perceberá que a partir do momento em que a Palavra é liberada, existe um tempo para que a promessa se cumpra: 

  • Em Gênesis 12 vemos o Senhor chamando a Abraão e lhe prometendo fazer dele uma grande nação, uma grande descendência! O Versículo 4, nos revela que quando isso aconteceu, Abraão tinha 75 anos. Se você observar no capítulo 21, versículo 5, Abraão tinha 100 anos quando Isaque nasceu, ou seja 25 anos depois. 


É necessário você ter bem claro em sua mente que existe um tempo entre a palavra liberada e o seu cumprimento. E durante este tempo é necessário esperar! Mas por quê? 

1. Para que você possa exercitar a PACIÊNCIA: “Esperei com paciência no SENHOR, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor”. Salmo 40.1 

2. Para que você possa se achegar a Deus: “Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a SEU TEMPO vos exalte1 Pedro 5.6 

Há um ditado secular que diz que Deus tarda, mas não falha, este não é o Deus que nós servimos, pois o Deus a que servimos não tarda e nem falha, Ele chega na hora certa. É necessário entenderemos que estamos sendo treinados, capacitados por Deus para recebermos nossa promessa e fazermos com que ela seja benção para nós. 

Deus chega na hora certa! E para a soberania de Deus não há limitação temporal. Quando todos choravam a morte de Lázaro à quatro dias, Jesus fez com que ele ressurgisse do mundo dos mortos. Tenha a consciência que no tempo oportuno a SUA PROMESSA irá chegar. 

Nesta reta final do ano 2015, busque a Deus, faça as obras ainda maiores, se entregue a Ele, sirva-o de todo o coração, tenha temor e esteja na presença dEle, pois o tempo não vai voltar para você. 

Que Deus te abençoe hoje e sempre.

Deus acredita no seu chamado, e você?

E José disse: — Cheguem mais perto de mim, por favor. Eles chegaram, e ele continuou: — Eu sou o seu irmão José, aquele que vocês v...