quarta-feira, 1 de julho de 2015

Dia 01 - Ano Profético de Jeremias


Irmãos e amigos,
Que a Paz esteja convosco!

É uma honra ministrar neste dia, a primeira Palavra Profética do Projeto de Vida 2015. 

Para nossa meditação, ficaremos com este texto da Palavra de Deus: "Esta é a Palavra que veio a Jeremias da parte do Senhor: Vá à casa do oleiro, e ali falarei contigo. Então fui à casa do oleiro, e o vi trabalhando com a roda. Mas o vaso de barro que ele estava fazendo se quebrou em suas mãos; e ele o refez, moldando outro barro conforme a sua vontade. Então o Senhor dirigiu-me a palavra: Ó casa de Israel, será que eu não posso agir com vocês como fez o oleiro? Pergunta o Senhor. Como barro nas mãos do oleiro, assim são vocês em minhas mãos, ó casa de Israel". Jeremias 18.1-6

Jeremias foi profeta do Senhor em Anatote, Reino de Judá e sua vida pessoal é a mais conhecida do Antigo Testamento por conta de suas preocupações, seus pensamentos e suas frustrações. Jeremias foi levantado por Deus para anunciar a destruição de Judá por conta de desobediência e da impiedade de seus reis... Por isso, digamos que não era muito bem quisto dentro o povo. 

Podemos tirar três lições desta passagem acerca do barro nas mãos do oleiro, que fundamenta a nossa visão espiritual estratégica para o ano de 2015. A primeira, o significado do vaso; a segunda, a casa do oleiro; e, a terceira, o processo de fabricação do vaso. 

A palavra "Vaso" traduz-se no dicionário por vasilha, recipiente côncavo (que no Antigo/Novo Testamento eram utilizados para armazenar essências, como no caso da mulher do vaso de alabastro que derramou a essência nos pés de Jesus em Lucas 7). O vaso tem, essencialmente duas funções: armazenar substâncias, como dito; e, enfeitar, adornar. Ele pode ser construído com diferentes materiais: porcelana, cerâmica, alabastro, vidro etc. 

A casa do oleiro é o local aonde se fabricam vasos essencialmente de barro. Mas porque barro e não outro material nesta história? Porque o barro vem do pó da terra, porque o barro é simples, é limitado, o barro exige manutenção contínua e o verdadeiro tesouro deste vaso não está em seu material, mas no selo de autenticidade do fabricante. Paulo disse em 2 Coríntios 4.7 que carregamos nossos tesouros em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus e não nossa. Apesar do barro ser insignificante aos olhos de muitos, ele tem serventia nas mãos do oleiro e pode ser usado com muito valor. 

Jeremias observa o oleiro em serviço! Primeiramente ele junta o barro, aquele material simples como dissemos, mas resistente. E então ela começa a amassar o barro! Um processo doloroso... Muitos de nós não queremos ser amassados pelo oleiro! E oleiro vai amassando o barro... as digitais do oleiro, o suor do oleiro, a essência do oleiro vão se mesclando a matéria-prima. E então o oleiro começa dar forma ao vaso. Aprendemos então, que quem dá forma a nossa vida é o Senhor! Ele quem estabelece os padrões materiais, espirituais e morais que formarão a nossa vida! Não há e nem pode haver nenhuma restrição não ação do oleiro sobre o vaso. Ele muda coisas, situações, estabelece novos formatos conforme deseja. 

Mas algo terrível acontece no meio deste processo: o vaso se estraga nas mãos do oleiro! Podemos observar que o oleiro descarta alguns vasos por causa de sua má qualidade. Ai aprendemos que a produção do oleiro depende da qualidade do barro! O que Deus faz com o Seu povo depende unica e exclusivamente da reação deste. Assim como o barro limita a produção do oleiro, fazendo-o desistir do projeto original e modificar o vaso, assim a nossa qualidade como servos limita o que Deus fará conosco. 

Várias falhas e intercorrências podem surgir no processo! As vezes o vaso não suporta a pressão e a alta temperatura do forno e trinca, quebrae isto leva o oleiro a fazer um vaso novo! A grande lição do oleiro é que Deus nunca arruma o que o homem destrói, Ele cria algo novo. O homem tenta arrumar o vaso, querendo dizer que a reabilitação é possível! Deus faz um vaso novo, mas o processo se reiniciará e o barro mais uma vez será amassado.

Como é doloroso! Mas é importante este tratamento... Por mais doloroso que seja, é melhor estar sendo amassado nas mãos do oleiro, do que esquecido em uma pratileira qualquer. Quanto mais rápido sermos treináveis, quanto mais rápido sermos obedientes, mas rápido o processo termina! O vaso não estará pronto para ser usado enquanto o oleiro não remover todas as imperfeições e isso depende de nós. Deixe-se modelar pelas mãos do oleiro!

Quando o processo, finalmente, terminar, o vaso estará pronto! Novo! Adornado! Perfeito! Pronto para ser usado pelo oleiro! Pronto para ser cheio de azeite puro. Este é o tratamento que o Senhor quer fazer em nossas vidas 2015! Ele quer nos moldar, nos preparar, nos encher! Ele quer fazer de nós um vaso de honra! Você está pronto?

Que Deus te abençoe e FELIZ ANO NOVO!

Uma decisão que mudança de vidas!

Antes que os espiões fossem dormir, Raabe subiu ao terraço e disse a eles:  — Eu sei que o Senhor deu esta terra a vocês, os...