quarta-feira, 20 de maio de 2015

Filho Legítimo

“Tendo os olhos fitos em Jesus, autor e consumador da nossa fé. Ele, pela alegria que lhe fora proposta, suportou a cruz, desprezando a vergonha, e assentou-se à direita do trono de Deus. Pensem bem naquele que suportou tal oposição dos pecadores contra si mesmo, para que vocês não se cansem nem desanimem. Na luta contra o pecado, vocês ainda não resistiram até o ponto de derramar o próprio sangue. Vocês se esqueceram da palavra de ânimo que ele lhes dirige como a filhos: Meu filho, não despreze a disciplina do Senhor, nem se magoe com a sua repreensão, pois o Senhor disciplina a quem ama, e castiga todo aquele a quem aceita como filho”. (Hebreus 12.2-6)



É cada uma que acontece conosco... Desemprego, fim de um relacionamento, desentendimentos familiares entre tantos outros problemas que enfrentamos no dia-a-dia. E eu não sou diferente de você, enfrento problemas diariamente e assim como você, já pensei em desistir de tudo, inclusive do meu ministério; enfrento confrontos diários comigo mesma.

E hoje, Deus me levou a meditar nessa palavra de Hebreus 12. A primeira coisa que me veio à cabeça foi a história de Jó, lembrei da parte que sua mulher diz para ele amaldiçoar seu Deus e morrer e ele repreendeu sua mulher dizendo que o bem que Deus proporcionou, ela recebeu; agora o mal não.

Às vezes é difícil entender que Deus permite ou até mesmo nos cause sofrimento; mas em Hebreus 12 ela explica o porquê de tantas lutas diárias. Jesus suportou a cruz com alegria, como está escrito no versículo 2 de Hebreus 12, essa alegria é a alegria da salvação! Que em meio a provações, a momentos difíceis, você tenha alegria! Muitas vezes não é fácil ser alegre em meio a momentos difíceis, mas fica mais fácil quando pensamos no sofrimento de Jesus na cruz, que jamais será comparado em relação a qualquer sofrimento nosso aqui na terra.

Nessa palavra vemos que Deus nos tem como filhos. Um bom pai, educa, ama, aconselha, cuida e disciplina, exorta. Somos filhos e Deus é assim: nos ama, mas como um pai que ama, disciplina e exorta.

Então essa palavra hoje te incentiva a continuar, a olhar para frente. O seu Pai te pega no colo, olha nos seus olhos e te diz que você é filho, que agora pode ser que você não entenda nada, mas que lá na frente entenderá.

No versículo 8 do capítulo 12 de Hebreus, diz que se não somos disciplinados, há algo errado, não somos filhos legítimos. Então se você está em dificuldade, alegre-se em meio a tristeza; afinal você é filho legítimo do Pai Altíssimo. Termino com o versículo 7 do capítulo 12 de Hebreus:


"Suportem as dificuldades, recebendo-as como disciplina; Deus os trata como filhos. Ora, qual o filho que não é disciplinado por seu pai?"

Não desista

Elisama Figueiredo