quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Lição 15 - Jesus era o único ser humano que foi conforme o coração de deus em todas as áreas e em todos os sentidos: Ele é perfeito.


Jesus foi um exemplo de pessoa que ensinava com a sua vida, suas atitudes, seu modo de proceder e também quando ele ensinava verbalmente. Tudo em sua vida era em concordância. Jesus não se contradizia em suas atitudes e nem em seu viver; nunca contrariou seu próprio ensino. Excelência era parte de seu caráter. Se analisarmos o Sermão da Montanha de Jesus, teríamos assunto suficiente aqui para escrever um livro todo. Se falarmos sobre isto tem assunto muito extenso para ser ponderado. Mas, não foi apenas isto que Jesus ensinou. Agora ao ler os ‘Quatro Evangelhos’ veremos que em cada situação que Jesus se deparava; ele usava a mesma para explicar como era o Reino de Deus. Jesus usava a figura da parábola para explicar o que ele quis ensinar a eles; baseado no assunto da questão em pauta. Jesus advertia, explicava, ensinava, conduzia em cada situação com a qual se deparavam, e tudo isto com um Amor Eterno para atrair todos a Ele. Porque Jesus é o Caminho, a Verdade e a Vida... ninguém vem ao Pai, senão por Ele. Jesus conduzia o povo Dele de volta para o Pai que amou o mundo de tal maneira que enviou seu único filho para morrer em nosso lugar.  Jesus viveu perfeitamente aqui na terra e não teve uma única vez onde Ele desobedeceu ao Pai Celestial, tudo Ele fez conforme o Pai ordenou.

Em Marcos 11:15-19 lemos sobre a purificação do templo. Temos este mesmo incidente descrito em Mateus 21:12-17; e também em Lucas 19:45-48. Nota-se que este assunto é importante pelo fato que está registrado em três dos quatro evangelhos.

Mc. 11:15-19 =  “15  E vieram a Jerusalém; e Jesus, entrando no templo, começou a expulsar os que vendiam e compravam no templo; e derrubou as mesas dos cambiadores e as cadeiras dos que vendiam pombas. 16  E não consentia que alguém levasse algum vaso pelo templo. 17  E os ensinava, dizendo: Não está escrito: A minha casa será chamada, por todas as nações, casa de oração? Mas vós a tendes feito covil de ladrões. 18  E os escribas e príncipes dos sacerdotes, tendo ouvido isto, buscavam ocasião para o matar; pois eles o temiam, porque toda a multidão estava admirada acerca da sua doutrina. 19  E, sendo já tarde, saiu para fora da cidade.”

Em todos seus ensinos Jesus fez ênfase de enfatizar como era o Reino de Deus, e ele comparava com as coisas que eles compreendiam. Temos muitos exemplos onde Jesus ensinava dizendo: o reino de Deus é semelhante a ... Jesus ensinava para que compreendessem como agir no reino dos céus; uma vez que somos pescadores de homens, embaixadores do Reino dos céus. No texto acima lemos como Jesus entrou no templo e o que ele fez, ao ver em o que as pessoas haviam transformado o templo; que segundo as leis e os profetas era para ser a Casa de oração para todas as nações. Jesus entrou no templo e começou a expulsar tudo que não deveria estar lá. O templo pertence a Deus uma vez que fora dedicado a Deus. O templo era um lugar sagrado que foi ungido e dedicado a Deus. A igreja onde atualmente usamos como casa para reunir-nos em o nome de Jesus, é a casa de oração que se refere na Palavra de Deus. Um lugar santo, que significa: ‘separado para adorarmos a Deus e ouvir a sua Palavra nela’. Santificado significa separado para tal. Vamos analisar um pouco o que aconteceu ali na hora.

A casa de oração, ou igreja não é casa para comércio; as duas coisas não se misturam. Por isto é dito foi santificado, que quer dizer separado por Deus para que ali apenas adorassem a Deus e ensinassem sua Palavra. Jesus expulsou de lá tudo o que não deveria estar lá. Jesus, entrando no templo, começou a expulsar os que vendiam e compravam no templo.

Jesus derrubou as mesas dos cambiadores e as cadeiras dos que vendiam pombas. Jesus fez questão de mostrar que tudo aquilo não pertencia dentro do templo.  E não consentia que alguém levasse algum vaso pelo templo. O templo era a casa onde deveria ser dado lugar para todos virem orar a Deus. Era para ser conhecido pelas nações como casa de oração. Jesus os ensinava, dizendo: Não está escrito: A minha casa será chamada, por todas as nações, casa de oração? Mas vós a tendes feito covil de ladrões. Você e eu também temos responsabilidade diante de Deus para prestar conta em o que transformamos a igreja pela qual somos responsáveis. Você concorda em fazer tudo na igreja conforme o povo deseja ter atualmente? Você permite trazer ritos mundanos na igreja? E com certeza você responde: ‘Mas, é claro que não!’ Ótimo se assim for. Temos que ter cautela para não permitir que as heresias do mundo não entrem pela osmose na igreja. Muito fácil se tornar corrompido sem nos dar conta. Um pouco aqui e um pouco ali, e antes de se dar conta os escribas e príncipes dos sacerdotes haviam transformado em covil de ladrões.

E nossa igreja, como Jesus iria descrever? Vamos vigiar para não cair em tentação de transformar a igreja em um local social ao qual nós cremos ser o melhor para dirigir o nosso culto a nossa maneira. Veja a reação deles: E os escribas e príncipes dos sacerdotes, tendo ouvido isto, buscavam ocasião para o matar; pois eles o temiam, porque toda a multidão estava admirada acerca da sua doutrina. E, sendo já tarde, saiu para fora da cidade.”

A Paz do Senhor,
Que Deus lhe abençoe imensamente.
Autora do Capítulo Missionária Antonina Penner.

DISCIPULADO CONFORME O CORAÇÃO DE DEUS
Jr. 3:15 “E Dar-Vos-Ei Pastores Segundo O Meu Coração, Os Quais Vos Apascentarão Com Ciência E Com Inteligência”

A. PENNER PUBLISHING
Copyright...  
DISCIPULADO CONFORME O CORAÇÃO DE DEUS

ISBN NUMBER:  978-0-9881063-2-1

Leia Mais
Compartilhe!

domingo, 17 de setembro de 2017

Como ser segundo o coração de Deus?







Graça e paz a todos os irmãos, 

E assim ele e todos os israelitas levaram a arca da aliança para Jerusalém, com gritos de alegria e sons de trombetas. 
2Samuel 6:15 

Sempre me perguntava, porque o rei Davi era considerado o homem segundo o coração de Deus? Certo dia eu escutei um louvor que falava sobre isso. Depois eu vou colocar ele abaixo para os irmãos  ouvi depois, o rei Davi foi o único homem na Bíblia que foi chamado o homem segundo coração de Deus. 

Eu gostaria de fazer uma pergunta para você, porque ele foi o único homem chamado segundo o Coração de Deus? 

Segundo a Bíblia Sagrada,  em nenhum momento ele se vangloriava daquilo que ele fazia. Por exemplo, quando ele matou o urso é o leão. Ele não se exaltava esse grande feito , pois ele que sabia, se não  ele fez isso, foi para a glória de Deus! 

Nem, quando, foi ungido a rei de Israel ele não se exaltou... 

Eudes exemplo de pessoas na Bíblia Sagrada que se exaltou quando, Deus o exaltou como por exemplo, o rei Nabucodonosor. Ele viu a grandeza da cidade da Babilônia isso, desceu para o coração do rei Nabucodonosor. Deus mostrou para ele que não divide a sua glória com ninguém! Por causa disso, ele ficou com um animal durante 7 anos por causa, da soberba. 

Eu quero mostrar você querido leitor, você tem um dom de cantar ou pregar não se exalte. Pois, tuldo que temos tudo que somos é para a Glória dele. Se Deus te deu algum dom é para ser usado no reino. E não para própria Glória. 

Eu tenho um grande medo no meu coração, quando, Quando Deus cumpre as suas promessas sobre a minha vida, eu me exaltar com aquilo que Deus vai fazer na minha vida. Eu peço todo dia a Deus Se algum dia eu me exaltar. Não quero me exalta! Eu sei que tudo que tenho tudo que sou vem das mãos do Todo Poderoso. 

Eu acho muito engraçado, aquelas pessoas que quando começa o seu ministério é muito humilde. Deus começa exaltar a pessoa já começa se acha a última bolacha do pacote... 

Essas pessoas se esquecem que o mesmo Deus que exalta é o mesmo que Deus que abate.Deus fez isso com Satanás, quando, el eexaltou queria ser maior do que Deus foi expulso do céu. 

A única vez, que o rei Davi se gloriou foi quando levou a arca da aliança para Jerusalém. Naquele momento ele não era o famoso Rei rei de Israel, mas sim era um adorador com excelência. Essa atitude do Rei Davi trouxe inveja da parte de sua esposa Mical Quem era a filha do rei Saul. 
Quando você é Adorador de verdade surge muitas pessoas infelizmente com inveja da causa, intimidade com Deus. 

Se você quer se gloriar de alguma coisa, se glorie pelo amor de Deus na sua vida e também pela presença de Deus todos os dias. Que medo nascemos pecadores falhas Ele nos ama de uma tal maneira que é difícil explicar com palavras... 

Essa a palavra que Deus colocou no meu coração que Deus faça resplandecer o seu rosto sobre ti e te dê a paz.







Leia Mais
Compartilhe!

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Lição 14 - Admoestações dadas pelo Mestre dos mestres.


Temos muitas admoestações na Bíblia sobre a maneira como um filho/filha de Deus deve proceder. Basta abrir o livro de Provérbios e ver quantas vezes Deus usa de seu servo para nos ensinar a ter sabedoria como usar a nossa língua; comportamento e assim por diante. Será que isto é para cada filho de Deus ou apenas liderança? Acredito que seja para todo ser humano. Sugiro a leitura de Provérbios a todos antes de ler o livro todo sobre Discipulado conforme o coração de Deus.  Temos um grande ensino na Bíblia sobre lideres os quais Deus reprovou na Bíblia.

Necessitamos de sabedoria lá do alto; mesmo que seja uma única vez na vida você pode ser uma ótima influencia na vida de alguém, para esta pessoa você foi um exemplo naquela hora; e pode ocorrer que por causa disto, esta pessoa seja transformada num instrumento na mão de nosso Deus. Deus chama atenção de cada pessoa que erra com intuito de podermos voltar ao caminho da verdade. Ninguém nesta terra exceto Jesus foi, ou é perfeito. Neste capítulo queremos falar sobre algumas áreas que a Palavra de Deus nos mostra o que é que não é aceito por Deus como líderes em seu Reino. Deus exige que façamos a nossa parte para ser conforme o seu coração dele. Se quisermos ser usado pelo Espírito Santo em todas as áreas temos por obrigação de ser um vaso de honra na mão de Deus; isto é possível apenas através de Jesus, o qual nos capacita para isto.

Todos nós temos conhecimento dos 10 mandamentos; e o que um servo de Deus não deve fazer; o qual a Bíblia nos ensina que não seja correto. Algo para meditar sobre é o seguinte: No dia a dia como adereçamos certas situações quando os pormenores entram em questão? Será que agimos nesta hora como Deus aprova em sua Palavra, ou de acordo com lei do nosso coração?  Jesus nos admoesta chamando nossa atenção de fazer tudo de uma forma muito amorosa a Deus. Ele é sério e espera de cada um de nós prestarmos atenção em tudo que Ele nos ensina para cumprir desta feita. Jesus ensinava, repreendia quando era necessário. Jesus também falava de forma poderosa com autoridade como também desafiava o conhecimento das pessoas. Jesus não tolera que usamos de forma errada o Templo que fora dedicado a Deus; ou seja, não aceitava que desrespeitasse o Deus Altíssimo no Templo que era a casa de oração; conforme ele disse na Casa do meu Pai.

Temos mais uma linda lição em outra ocasião onde lemos que Jesus repreende os que eram os líderes na sinagoga por ensinarem errados, e agindo errados, vamos ler os seguintes versos:

Mt. 23:13 -  “Mas ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que fechais aos homens o reino dos céus; e nem vós entrais nem deixais entrar aos que estão entrando.”
Mt. 23:2 -  “Dizendo: Na cadeira de Moisés estão assentados os escribas e fariseus.”

Jesus chama atenção àqueles que ensinam falsas doutrinas conforme a Palavra de Deus, porque fazendo assim como os escribas e fariseus faziam fechamos aos homens o reino dos céus. É muito séria esta questão quando tiramos um texto fora do contexto; pois isto é raiz de heresia. Quando alguém torce a Palavra de Deus e a usa conforme lhe agrada. Isto é antibíblico.

Ao ler o capítulo todo de Mateus 23, veremos que esta é uma ocasião onde Jesus parou para corrigir os que estavam destruindo na verdade o propósito do ensino no templo. Creio que isto é registrado na Palavra de Deus para que possamos aprender como devemos e como não devemos proceder no Reino de Deus. Os escribas e fariseus faziam tudo de forma humana, como eles criam ser correto. Viviam de aparência, e o alvo deles era para ser visto como os perfeitos observadores da lei. E, a Bíblia nos diz que a lei mata, mas o Espírito vivifica. A Palavra de Deus não diz em lugar nenhum que devemos ser perfeito e que isto nos trará a salvação. Deus nos ensina a ser obediente e observar a Palavra de Deus.


Lemos no Antigo Testamento desde o início que é reprovado agir contrário ao que Deus diz. Temos inúmeras passagens onde Deus chama atenção de seu povo quando não agiam conforme a Palavra de Deus. Cada vez que um ser humano faz contrário ao que Deus manda ele erra o alvo de Deus. De acordo com a Palavra de Deus pecar significa ‘Errar o alvo’. Você faz ideia o que significa trazer ofertas ao invés de obediência? Lemos sobre Saul ao ir para a guerra não agiu conforme lhe fora ordenado por Deus.

O profeta havia dito a ele que deveria seguir o que Deus havia lhe ordenado fazer. Porém, Saul não se desfez de objetos que Deus havia dito que não eram para ser usados por eles. Deveriam se desfazer de tudo que pertenciam aos inimigos e não trazer nada e matar todos os animais e tudo. Porém, ele trouxe o melhor de lá e veio para oferecer a Deus em sacrifícios. Mas, isto não foi aprovado por Deus e esta desobediência teve consequência.  Diante de Deus não é aceitável se trazemos o que Ele não pediu ao invés do que aquilo que ELE disse.
Lemos em 1 Sm. 15:10-11;  22-23  a seguir: “Então veio a palavra do Senhor a Samuel, dizendo: 11  Arrependo-me de haver posto a Saul como rei; porquanto deixou de me seguir, e não cumpriu as minhas palavras. Então Samuel se contristou, e toda a noite clamou ao Senhor. 22  Porém Samuel disse: Tem porventura o Senhor tanto prazer em holocaustos e sacrifícios, como em que se obedeça à palavra do Senhor? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar; e o atender melhor é do que a gordura de carneiros. 23  Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e o porfiar é como iniquidade e idolatria. Porquanto tu rejeitaste a palavra do Senhor, ele também te rejeitou a ti, para que não sejas rei.”

- Observe diz que Deus se arrependeu de ter colocado ele como rei, pois deixou de seguir a Deus e não cumpriu com as palavras de Deus. = Todo filho de Deus deve em reverência a Deus obedecer a Ele e agir conforme a sua Palavra. Creio que isto é uma admoestação para todos nós. Vamos dar ouvidos quando Deus fala com seu povo. Isto está escrito na Bíblia para podermos aprender com este incidente. Não é por acaso que isto está narrado ali, Deus quer que compreendamos que ele necessita pessoas de confiança ao seu lado. Se Deus deu a ordem, é para ser cumprida.

- “Tem porventura o Senhor tanto prazer em holocaustos e sacrifícios, como em que se obedeça à palavra do Senhor?” = Deus não se alegra quando seus filhos agem ao contrário do que lhe foi instruído. Deus não se agrada no fato como ocorreu aqui, Saul trouxe todas as coisas objetos e gado e assim por diante; e ao ser confrontado ele foi lá e sacrificou os animais como oferta a Deus. Deus não queria aqueles animais ser sacrificados como oferta, por isso que ele mandou que exterminassem com eles.  Quando Deus dá uma ordem devemos cumpri-la; pois Deus sabe por qual motivo ordenou o mesmo. Deus não se agrada de fraude, enganos, encobrir o erro para se parecer santo; e no fundo era tudo engano e cobiça por detrás disto o que Saul fez.

- “Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar; e o atender melhor é do que a gordura de carneiros.” = Deus espera pela obediência, Deus não necessita sacrifício.

- “Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e o porfiar é como iniqüidade e idolatria. Porquanto tu rejeitaste a palavra do Senhor, ele também te rejeitou a ti, para que não sejas rei.” = Como sempre é bom pesquisar o dicionário o que vem a ser o sentido de uma palavra; o significado.  Significado de Rebelião “s.f. Resistência, com ação violenta, a agentes de autoridade. Levante; insurreição; sublevação.”

O dicionário nos ensina que rebelar signifca: v.t.d e v.pron. “Recusar-se a obedecer uma autoridade legítima; revoltar-se contra algo ou alguém.”
Porfiar segundo dicionário significa:

Significado de Porfiar[i] v.i. “Discutir, alterar, contender obstinadamente. Insistir, teimar. Competir, disputar, lutar por.”
A palavra de Deus nos diz que o porfiar é como iniquidade e idolatria. Comparando isto com o que o dicionário define como discutir, alterar, contender obstinadamente. Insistir, teimar. Competir, disputar, lutar por; podemos entender que Deus nos mostra que se reagimos desta feita contra Deus, isto de fato é iniquidade e idolatria. Alguma vez você foi verificar o que iniquidade e idolatria é descrita nos dicionários? Se reunirmos as duas definições podemos decifrar nitidamente que ambas as duas descrevem guerra contra alguém com quem não se concorda. “Recusar-se a obedecer uma autoridade legítima; revoltar-se contra algo ou alguém Discutir, alterar, contender obstinadamente. Insistir, teimar. Competir, disputar, lutar por.”

Para entender o texto acima onde Deus fala com Saul através do profeta, é bom averiguar as palavras no dicionário. Se rebelar significa recusar-se a obedecer a uma autoridade legítima, neste caso Deus estava deixando bem claro que recusar-se a obedecer a Deus, sem dúvida de questão é nossa autoridade legítima no ramo espiritual; isto é igual ao pecado de feitiçaria. Isto com certeza é muito sério. Basicamente nos diz se ao invés de obedecer a Deus fazemos algo que vai agradar a outrem ao invés de Deus; então estamos traindo a Deus. A feitiçaria é obra de demônios, e não é servir a Deus. Basicamente se decidirmos desobedecer a Deus é porque obedecemos alguém que é oposto de Deus. Um dia Jesus disse claramente para os seus discípulos: Quem comigo não ajunta, espalha. Quem não é por mim, é contra mim. Se, não obedecemos a Deus estamos na realidade em guerra contra ele. 

Outro exemplo perfeito foi o profeta Jonas, ele foi após seu próprio entendimento ao invés de obedecer ao comando de Deus. Jonas decidiu que ele não iria fazer o que Deus o mandou fazer. Jonas inclusive dá Deus o motivo pelo qual ele decidiu ser rebelde. E, apesar de ele crer que tinha um motivo justo, Deus não aceito sua ação de rebelião. Os escribas e fariseus agiam da mesma forma. Os seus atos e os nossos têm consequências também. Leia o livro do Profeta Jonas no Antigo Testamento, isto nos dá nitidamente um exemplo do que estamos falando.

A Palavra nos diz que colhemos o que semeamos. Cada ser humano com sua conduta semeia e colhe o fruto de tudo que semeia. Quem se compadece do sofrimento dos outros vai colher compaixão na hora que necessitar. Se, semearmos contendas nossa vida terá também contendas. Tudo que os fariseus faziam era apenas para alcançar a honra e glória por serem os líderes na sinagoga. Eles estavam com uma prioridade em sua mente: Sentar na cadeira de Moisés. Interessante como a cobiça por posições e títulos pode corromper o coração da pessoa. Agora minha pergunta é, será que eles estavam semeando algo que não deviam? Por acaso isto chama atenção que muitas igrejas nos dias atuais procedem da mesma forma? Jesus dá referência aos que estão sentados na cadeira de Moisés, e no mesmo capítulo ele diz que estes fecham o reino dos céus para os outros e nem eles mesmo entram. Isto é uma situação muito triste.
O que é que você gostaria de ouvir quando Deus for te avaliar? Cada embaixador de Jesus deve se analisar diante da Palavra de Deus e buscar orientação do Espírito Santo, se de fato somos fiéis embaixadores do Reino de Deus. Porque Jesus estava dizendo que eles eram hipócritas e fechavam aos homens o reino de Deus? Ele estava abrindo os olhos deles, destacando o fato que eles usavam a Palavra de Deus para se vanglorias dela; e não viviam conforme está escrito nela, isto é fechar o reino de Deus. Não podemos usar a Palavra de Deus como um instrumento e adaptá-la como nos convém.

A Bíblia, isto é a Palavra só pode ser usada como Deus a indicou, do contrário ela vira heresia; e assim leva a destruição. Satanás seduziu a Adão e Eva a aplicar a Palavra de Deus de forma que lhes servia... e o resultado foi um caos. Este caos foi projetado pelo inimigo; ele quis roubar o reino do seu Criador. Devemos nos questionar se estamos agindo conforme esta advertência ou não. “Eu estou agindo correto ou estou fechando o reino para os que desejam entrar?” Jesus fez questão de admoestar os seus discípulos em Mt. 10:22 observe: “E odiados de todos sereis por causa do meu nome; mas aquele que perseverar até ao fim será salvo”. Fomos chamados a sermos fiéis até ao fim com o chamado que Ele nos deu, de pescar os seres humanos para dentro do reino de Deus. Fazer discípulos de todas as criaturas, mas da forma como Jesus ensinou; e não do nosso jeito.  Fariseus e os escribas, sacerdotes da época odiavam a Jesus pelo fato que Ele cumpria a lei; isto os acusava, pois eles não faziam isto em todas as áreas.

Os fariseus e escribas apenas cumpriam o que lhes trazia proveito. Será que em nossos dias ainda temos este tipo de fariseus? Existem ainda escribas que ditam as leis aos outros mais não as cumprem? Os nossos líderes são fiéis seguidores de Jesus Cristo? Ou será que seguem seus próprios pensamentos conforme faziam os fariseus?

Os fariseus e escribas começaram bem também, mas vemos na Palavra de Deus que Jesus chama a atenção deles pelo fato que não permaneceram na conduta que Deus ensina em sua Palavra. Jesus nos fala para perseverar até o fim e seremos salvos. Existe um compromisso para com nosso Deus para todo líder que deseja ser um embaixador do Reino dos Céus. Temos um alto preço a pagar; e Jesus nunca escondeu isto de nenhum de seus seguidores e discípulos. Creio que Jesus ensina a cada filho/a Dele como devemos perseverar fiel até o fim, para ganhar o galardão nos céus. Alguma vez você já meditou no fato porque Deus quer que mantenhamos isto em nosso alvo? O galardão lá no céu? Em Apocalipse 22:12 Jesus diz que ele virá logo, e que ele vai dar a cada um o galardão conforme o que fez. Digamos que fosse hoje que Jesus viesse com seu galardão... questione-se: ‘o que é que você iria gostar de ver como galardão que vai receber pelo que você fez?

Vamos olhar um pouco sobre a ênfase que Jesus deu em seu ensino como um discípulo deve proceder em seu viver. Jesus ensinou na teoria e na prática a ser um líder íntegro com excelência. Jesus praticava tudo que Ele ensinava a seus liderados. Lembro-me do sermão da montanha, ali Jesus ensinou sobre as bem-aventuranças, e logo em seguida ele os levou para praticar o mesmo. (Mateus 5 ou em Lucas 6). Pessoalmente creio que estas bem-aventuranças que ele ensinou ali é a boa conduta que ele ensinou aos seus discípulos no dia a dia. Para ser íntegro e de acordo com o coração de Deus faz-se necessário aprender a viver conforme estes ensinos. Jesus praticava tudo isto em sua vida pessoal.


[i]http://www.dicio.com.br/porfiar/


A Paz do Senhor,
Que Deus lhe abençoe imensamente.
Autora do Capítulo Missionária Antonina Penner.

DISCIPULADO CONFORME O CORAÇÃO DE DEUS
Jr. 3:15 “E Dar-Vos-Ei Pastores Segundo O Meu Coração, Os Quais Vos Apascentarão Com Ciência E Com Inteligência”

A. PENNER PUBLISHING
Copyright...  
DISCIPULADO CONFORME O CORAÇÃO DE DEUS

ISBN NUMBER:  978-0-9881063-2-1

Leia Mais
Compartilhe!

domingo, 10 de setembro de 2017

Fazendo escolhas acertadas


Independente de quanto tempo temos como cristãos, o quão amadurecidos podemos ser e o quão sensível sejamos ao ouvir a voz do Espírito Santo, precisamos ser guiados por Deus em todo o tempo, basta um momento, uma decisão simples que devemos tomar e no ato de não colocar os pormenores nas mãos do Senhor, todo um curso de vida pode ser prejudicado.

Vejamos o Apóstolo Paulo, que tanto fez pelo evangelho de Cristo, em um momento de decisões e escolhas deixou-se ser guiado pelo Espírito Santo e permitiu que verdadeiramente a palavra do Senhor, as palavras que vem do trono de Deus fossem como Lâmpadas que iluminassem os seus caminhos (Salmos 119.105).

Tomaremos como referência o texto de Atos dos Apóstolos capítulo 16 versículos do 6 ao 10: “E, passando pela Frígia e pela província da Galácia, foram impedidos pelo Espírito Santo de anunciar a palavra na Ásia. E, quando chegaram a Mísia, intentavam ir para Bitínia, mas o Espírito não lho permitiu. E, tendo passado por Mísia, desceram a Trôade. E Paulo teve de noite uma visão, em que se apresentou um homem da Macedônia, e lhe rogou, dizendo: Passa à Macedônia, e ajuda-nos. E, logo depois desta visão, procuramos partir para a Macedônia, concluindo que o Senhor nos chamava para lhes anunciarmos o evangelho”.

Paulo cheio da virtude do alto, não deixando de falar da graça de Cristo intentou em seu coração ir para duas localidades para pregar o evangelho, porém foi impedido pelo Espírito Santo, suas intenções eram ótimas, se estivéssemos ao lado dele provavelmente iríamos aplaudi-lo pela iniciativa. Mas não só pela boa vontade devemos ser levados e sim estar debaixo do plano soberano. Primeiro o Apóstolo buscou ir pregar a palavra na província da Ásia, mas foi impedido pelo Espírito Santo (Atos 16.6), posteriormente intentou ir pregar junto com seus companheiros na Bítinia, "mas o Espírito de Jesus os impediu"(Atos 16.7).

Paulo não brigou contra a vontade divina, querendo forçar para que suas escolhas prevalecessem, apenas ficou sensível ao ponto de ouvir em todos os instantes a voz que vem do alto. Finalmente sua mente foi iluminada ao ponto de ficar bem claro, qual era o caminho que ele devia seguir, quando durante a noite teve uma visão que lhe direciona para a Macedônia.


E Paulo teve de noite uma visão, em que se apresentou um homem da Macedônia, e lhe rogou, dizendo: Passa à Macedônia, e ajuda-nos_(Atos 16.9)

O Espírito Santo enviado por Jesus, o outro consolador, tem um ministério de ensino excelente, faz aquilo que nem o maior intelectual que o mundo possa ter conhecido conseguiu fazer, ou seja ensinar aos outros homens todas as coisas, como podemos ver no Evangelho de João capítulo 14.26, onde a palavra nos diz, que ele nos ensinaria todas as coisas e nos faria lembrar de tudo o que o Senhor Jesus nos tinha dado como ensino: Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito”._(João 14.26)

Sejamos guiados nesses tempos, de difíceis escolhas e decisões por aquele que pode nos levar a caminhos de paz, harmonia, provisão e nós aproximar ainda mais dele e de sua divina vontade.


Pr. Gerson

Leia Mais
Compartilhe!

Fique por dentro