domingo, 17 de julho de 2016

Obras do Espírito Santo no Novo Testamento


Que a paz esteja com todos,

João Batistas, segundo o próprio Jesus, era um grande homem: “em verdade vos digo entre os e de mulher tem nascido, não apareceu alguém maior do que João Batista".   João seria o responsável por anunciar a vinda do Messias.

Antes do seu nascimento: 

quando o anjo Gabriel se referiu ao nascimento de João Batista. 


Pois ele será grande aos olhos do Senhor. Ele nunca deverá tocar em vinho ou bebida forte, e será cheio do Espírito Santo, antes mesmo do seu nascimento!
(Lucas, 1.15).

Ao nascer: 

Zacarias  o pai de João Batista,  até que então estava mudo por não crer na mensagem do anjo entregava a respeito do Nascimento milagroso de João Batista,  agora abre os seus lábios  e passa se alegrar no Senhor:

Cada um que ouvia isso ficava pensando e perguntava: “Que será que esse menino vai ser? Porque a mão do Senhor está de fato sobre ele de uma maneira especial”.
 Então o seu pai Zacarias ficou cheio do Espírito Santo e profetizou:
(Lucas, 1.66-67).

No  seu Nascimento:
 

João Batista não tinha medo os "homens" incrédulos ao arrependimento. "E percorreu toda a terra ao redor do rio Jordão, pregando o batismo de arrependimento, para perdão dos pecados.

Então João ia de lugar em lugar, em ambos os lados do rio Jordão, pregando que as pessoas deviam batizar-se para mostrar que se haviam voltado para Deus e abandonado seus pecados, a fim de serem perdoadas.
(Lucas, 3.3)


o nascimento virginal de Cristo :

Já  estava profetizando por Isaías  como se daria o nascimento de Jesus.  Portanto o mesmo senhor dará um sinal. 

Por isso o SENHOR vai dar um sinal: Uma virgem ficará grávida e dará à luz um filho e o chamará de Emanuel.
(Isaías, 7.14).

A   apresentação no templo:

O Espirito  de Santo é mencionado logo após o nascimento de Jesus.   A Bíblia diz que um homem chamado Simeão nestes termos esse homem era temente a Deus esperando a Consolação de Israel; e o Espírito Santo estava sobre ele.

 Naquele dia, um homem chamado Simeão, morador de Jerusalém, estava no templo. Era ele um homem bom, muito devoto, cheio do Espírito Santo, e vivia esperando a consolação de Israel.
O Espírito Santo lhe havia revelado que ele não morreria enquanto não visse o Cristo enviado pelo Senhor.
 O Espírito Santo o impulsionou a ir ao templo naquele dia; então, quando Maria e José chegaram para apresentar o menino Jesus ao Senhor, em obediência à lei,
(Lucas, 2.25-27)

No batismo de Jesus:

O Espírito Santo, em forma de uma pomba, veio sobre Jesus na ocasião do no seu batismo eu próprio Deus tinha dito João Batista sobre esse episódio.

Ele será muito importante, e será chamado de Filho do Deus Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono do seu antepassado Davi;
(Lucas, 1.32)

Na tentação de Jesus

Então, foi conduzido pelo Espírito Santo ao deserto, para ser tentado pelos diabo.

 Então Jesus, cheio do Espírito Santo, deixou o rio Jordão, e foi levado pelo Espírito às terras áridas e desertas da Judeia,
 Onde o diabo o tentou durante 40 dias. Ele não comeu nada durante esse tempo, e no final ficou com muita fome.
(Lucas, 4.1-2)

No  Ministério de Jesus:

O Espírito Santo  seja ativo no ministério de Jesus.

 Jesus então voltou para a Galileia, cheio do poder do Espírito. Logo ele ficou bem conhecido em toda aquela região.
(Lucas, 4,14) 


esperamos por você e a sua família, na próxima semana darmos continuidade o nosso estudo.

Que Deus abençoe você e sua família...




                                  

ANDERSON FREIRE - FERIDA ABERTA                                   





Leia Mais
Share:

domingo, 10 de julho de 2016





Graça e paz,

Se não analisamos pensaremos no Espírito Santo tem seu ministério funcional apenas no Novo Testamento.   Mais se examinarmos a Bíblia podemos ver atuação do Espírito Santo na Bíblia:

Na criação:

Podemos de prender a pessoa do Espírito Santo e ele transmite vida. Pois, ele se movimentava, preservando o que já tinha sido criado.  O Espírito Santo concedeu à Vida.
 A terra era vazia e sem forma definida, e o Espírito de Deus se movia por sobre as águas.
(Gênesis, 1.2).

Antes do dilúvio:

O que ocorre que é Deus sentiu agravado pela decisões atribuídas (no sentido pecaminoso) do ser humano, mas, também ordenou a Noé pregasse a destruição da humanidade.
 O SENHOR viu que a maldade humana foi ficando cada vez pior, e que a imaginação e os pensamentos dos seres humanos os levavam unicamente para o mal.
Então o SENHOR se arrependeu de ter criado o ser humano sobre a terra, e isso cortou o seu coração!
(Gênesis, 6.5-6).

Na vida dos líderes do Antigo Testamento

José:

Na   capacidade intelectual, espiritual e social de Josué só pode ser entendida mediante a manifestação do Espírito Santo.
O faraó disse aos seus oficiais: “Será que encontraríamos alguém como este homem, em quem está o Espírito de Deus?”
(Gênesis, 41.38)

Moisés:
O Espírito Santo atuava também na vida de Moisés.
 Então o povo se lembrou do passado, quando Moisés, o servo de Deus, libertou Israel do Egito e reclamou: “Onde está aquele que os fez atravessar o mar, com os pastores do seu rebanho? Onde está aquele que mandou o seu Espírito Santo morar no meio do seu povo,
(Isaías, 63.11)
Josué:

Quão grande responsabilidade teria José de substituir o respeitado Moisés.  Josué queria provar, por meio de suas conquistas e a liderança que era o homem ideal para conduzir o povo de Israel até a terra prometida. Para tal tarefa precisava da ajuda do Espírito Santo.
Então o SENHOR disse a Moisés: “Chame Josué, filho de Num, que tem o Espírito, e imponha as mãos sobre ele.
(Números, 27.18)
Essa foi mais uma parte do nosso estudo espero que vocês tenham gostando, que Deus abençoe sua família! Esperamos vocês na próxima semana...












                          Trio Nascimento - Chegou o Avivamento




Leia Mais
Share:

domingo, 3 de julho de 2016

Projeto de Vida 2016 #ProjetandoJulho #Consagração #Comunhão

Irmãos e amigos,
Que a paz esteja convosco!


Estamos iniciando a segunda metade deste ano de 2016, ano este em que carregamos a responsabilidade do sacerdócio por excelência. Sabe meus irmãos, eu tenho vivido especificamente cada semente lançada pelo Senhor a cada mês neste projeto. Junho, como o Senhor prometeu, fui surpreendido e restituído; e eu acredito que você também foi. 

Para este mês de Julho, eu tenho uma Palavra de Deus para a sua vida, que encontra-se em Esdras 6.16: "E os filhos de Israel, e os sacerdotes, e os levitas, e o resto dos filhos do cativeiro fizeram a consagração desta Casa de Deus com alegria".


Nesta etapa da história de Esdras, os construtores concluíram a construção do templo após a concessão do rei Dario após aquele, estudado anteriormente, em que os samaritanos se levantaram contra a obra do Senhor. 

Após o decreto do rei Dario, autorizando a retomada da obra, os construtores aceleraram a construção, e segundo o texto bíblico, eles prosperaram conforme a profecia de Ageu e Zacarias. Esta etapa da construção, nos traz uma revelação profética: Uma vez em que a bênção do Senhor é liberada sobre a nossa vida, não podemos ficar protelando ou dispersos perdendo tempo... Precisamos tomar posse da nossa posição o mais rápido possível para fazer aquilo que precisa ser feito.

Após a conclusão desta obra, a Bíblia diz que os filhos de Israel junto aos sacerdotes e levitas realizaram uma consagração a Deus com sacrifícios e com a comemoração da Páscoa Judaica. 

O v.20 deste texto ainda diz que os sacerdotes e levitas se purificaram como se fossem todos  um só homem, indicando a unidade e a comunhão entre eles. O texto termina dizendo que eles se apartaram das imundícia das outras nações e celebraram a Deus com alegria apenas pelo fato do Senhor ter mudado o coração do rei da Assíria a favor deles e da Casa de Deus. 

O Senhor requer de nós, não apenas neste mês de Julho; mas, eu diria, a partir deste mês de Julho: Consagração e Comunhão

Meus irmãos, chegamos na metade do ano e só vencemos até aqui por causa do amor, da fidelidade, da bondade e da misericórdia do nosso Deus. Eu tenho certeza que o Senhor realizou grandes milagres, grandes bênçãos e abriu grandes portas para você na proporção que você necessitava ou até mesmo maiores. 

O Senhor espera de nós a retribuição por tudo aquilo que Ele nos tem feito! Como?

1. Através de consagração: Ofereça a Deus um ato de consagração. Faça um jejum especial, uma vigília ou até mesmo algo novo para o nosso Deus. 

2. Através do sacrifício: Entregue no altar do Senhor aquilo que Lhe é de direito: dízimos e ofertas. Ofereça uma oferta especial para o Senhor como gratidão por Sua provisão nestes seis primeiros meses que se passaram. Faça isso na sua igreja

3. Através da celebração: Faça festas, cultos de ações de graças, ofereça um louvor ao Senhor todos os dias, testemunhe tudo o que Ele tem feito em sua vida. 

4. Através da comunhão: Neste mês de Julho, muitos leitores estarão de férias (o que tornara esta missão mais simples), mas esta orientação vale até mesmo para quem não está. Fortaleça o seu vínculo com os irmãos da igreja. Passe a frequentar os cultos com mais assiduidade, participe das reuniões e dos estudos; aproxime-se mais dos irmãos, convide alguns para tomar um café e bater um papo.

5. Através da alegria: Ainda que você não tenha obtido todas as respostas favoráveis neste primeiro semestre, e ainda que você tenha conquistado tudo o que você deseja, adore ao Senhor e se alegre por tudo o que Ele já fez. Ele te sustentou e cuidou de você! Ele te deu o melhor, ainda que você não tenha percebido! Se alegre porque Ele pode fazer ainda mais. 

Siga estas orientações e retribua ao Senhor com adoração e consagração pela excelente obra concluída neste primeiro semestre de 2016 e prepare-se para tudo o que virá de novidade na sua vida no segundo semestre que se inicia. 

Eu profetizo e desejo o melhor de Deus na sua vida. 

Abraços fraternais, 

Leia Mais
Share:

Fique por dentro