domingo, 18 de setembro de 2016

É preciso purificar!

Graça e paz, 


Então Josué disse ao povo: “Purifiquem-se, pois amanhã o SENHOR vai fazer maravilhas no meio de vocês”. 
(Josué, 3.5) 


Depois da morte do grande líder Moisés, Josué assume a liderança do povo do Israel.  Depois de ficar   40 anos peregrinando no deserto.  É tempo de conquistar a terra prometida, o povo de Israel levanta acampamento na região de Acasia até a região das margens do rio Jordão. 

Deus da às instruções para Josué levar o povo até a terra prometida,   Deus disse  quando  os sacerdotes e os Levitas levarei a Arca da Aliança até a beira do rio.  Vocês vão atrás da Arca da Aliança, mas vocês ficaram uma distância segura. 

Moises também disse  para o povo se purificar que amanhã cedo Deus iria fazer coisas maravilhosas no meio do povo.  Mas porque Deus manda o povo se purificar? Tornar limpo ou puro, Ser purificado ou limpo significa ficar livre de defeitos que desqualificariam para o uso ou para a atividade religiosa. Ser eticamente puro significa demonstrar-se, nos pensamentos e na conduta, escolhido por Deus. 

Às vezes, estamos com nosso coração e como as nossas mentes puras com os sentimentos que não agrada o Senhor.  Quando estamos com algum sentimento seja ele rancor, raiva, ódio e medo etc. atrapalha o trabalhar de Deus em fazer coisas maravilhosas em nossas vidas! 

O pecado nos afasta de Deus , é por isso, que é tão importante a purificação Por que a Bíblia fala sem santidade Ninguém Verá ao Senhor! 

   E assim foi feito como o Senhor ordenou, o povo se purificou no dia seguinte os sacerdotes e os Levitas foram até a beira do rio Jordão. Como os sacerdotes e os Levitas puseram ou seus pés dentro do Rio Jordão, de repente as águas recuaram e a Arca da Aliança ficou no meio do rio Jordão. 


 As águas que vinham do lado de cima pararam de repente e formou-se uma muralha desde o lugar em que está situada a cidade de Ada, perto de Zaretã. E as águas que corriam para o mar Salgado escoaram completamente. Então o povo atravessou o rio num lugar que dava de frente para a cidade de Jericó. 

 Mas os sacerdotes que levavam a arca da aliança do SENHOR ficaram parados no meio do rio Jordão; e todo o povo de Israel passou por eles e atravessou o rio sem molhar os pés. 
(Josué, 3.16-17) 


E todo povo  viu a maravilha que Deus fez! aquela geração nunca havia visto o que Deus fez a 40 anos atrás quando ele abriu o mar vermelho.  Ainda Deus mostrou que era na vida de Josué, Deus é aquele que faz Maravilhas ontem hoje e sempre. 



Que que Deus abençoe a sua vida e a sua família poderosamente...


Elaine Martins Santificação 



Leia Mais
Share:

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Armaduras espirituais: A Couraça da Justiça

Irmãos e amigos,
Paz esteja convosco!

Estamos reunidos nesta quarta-feira especial que o Senhor nos concedeu, para darmos continuidade à sequência de estudos sobre as armaduras espirituais. Na semana passada aprendemos o quanto é importante basearmos as nossas vidas na verdade, para podermos viver verdadeiramente respaldados por Deus.

Na Palavra Doutrinária desta semana, vamos falar de uma outra parte da armadura, igualmente muito importante para nos protegermos em meio às nossas batalhas e em meio aos ataques. Veja o que diz o texto: “Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes. Estais, pois, firmes, tendo cingido os vossos lombos com o cinturão da verdade, vestindo a COURAÇA DA JUSTIÇA...Efésios 6.13-14.


O nosso irmão, o Apóstolo Paulo, nos orienta a nos vestirmos com a couraça da justiça.  A Couraça se constituía de duas peças: uma frontal, que cobria o tórax; outra posterior, que cobria as costas. Esta peça protegia órgãos vitais do corpo. Ela era formada por uma mistura de ferro, revestido com couro. 

Meus irmãos, quando Paulo nos orienta a vestirmos a couraça da justiça, ele estava nos ensinando a vivermos de maneira justa, maneira reta, da maneira que agrada ao Senhor. Paulo tinha em mente também nos ensinar a vivermos em busca da justificação.

Viver em justiça, significa viver de uma maneira correta, sempre amando e servindo a Deus e aos nossos irmãos em tudo. A verdadeira justiça, meus irmãos, vem de Cristo, pois Ele era o único justo entre os homens.

Se nós não recebermos a Cristo em nossas vidas, acima de qualquer pessoa, acima de qualquer coisa, acima de placas de igreja e acima de religiões; jamais seremos considerados justos diante de Deus. A justificação vem de Cristo e é um processo que devemos desejar e pedir diariamente. 

Precisamos buscar vivermos essa justiça que vem de Deus e não dos homens! Precisamos praticar a justiça, ou seja, vivermos de uma maneira que exalte o nome de Deus diante do nosso próximo. A Palavra do Senhor nos ensina em 2 Coríntios 5.21 que "Aquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que, nele, fôssemos feitos justiça de Deus". 

Por isso o nosso ministério se chama Frutos de Justiça, porque nós buscamos dignificar a Deus com as nossas atitudes e com as nossas palavras. Procuramos viver de uma maneira íntegra e honrada, sem lesar o nosso próximo e sem passar por cima do direito de ninguém, sempre procurando primeiramente privilegiar o outro à nós mesmos. 

Essa é a forma como o Senhor deseja que nós venhamos a viver! Não confiarmos na nossa própria justiça, mas buscarmos a justiça de Deus que vem através de Cristo, por meio de seu sacrifício na cruz. Essa será, verdadeiramente, a couraça que irá blindar o nosso coração e as nossas costas contra os ataques ardilosos do inimigo. Blindará o nosso coração contra o pecado e contra as acusações de Satanás. 

Que você possa receber esta Palavra com alegria e buscar sempre essa justiça. Na próxima semana aprenderemos um pouquinho sobre as sandálias do Evangelho da paz. Fique conosco, continue este estudo que só irá abençoar a sua vida. 


Que Deus abençoe a cada um dos amados irmãos e conceda muita paz e muitas bênçãos.Irmãos e amigos,
Paz esteja convosco!

Estamos reunidos nesta quarta-feira especial que o Senhor nos concedeu, para darmos continuidade à sequência de estudos sobre as armaduras espirituais. Na semana passada aprendemos o quanto é importante basearmos as nossas vidas na verdade, para podermos viver verdadeiramente respaldados por Deus.

Na Palavra Doutrinária desta semana, vamos falar de uma outra parte da armadura, igualmente muito importante para nos protegermos em meio às nossas batalhas e em meio aos ataques. Veja o que diz o texto: “Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes. Estais, pois, firmes, tendo cingido os vossos lombos com o cinturão da verdade, vestindo a COURAÇA DA JUSTIÇA...Efésios 6.13-14.


O nosso irmão, o Apóstolo Paulo, nos orienta a nos vestirmos com a couraça da justiça.  A Couraça se constituía de duas peças: uma frontal, que cobria o tórax; outra posterior, que cobria as costas. Esta peça protegia órgãos vitais do corpo. Ela era formada por uma mistura de ferro, revestido com couro. 

Meus irmãos, quando Paulo nos orienta a vestirmos a couraça da justiça, ele estava nos ensinando a vivermos de maneira justa, maneira reta, da maneira que agrada ao Senhor. Paulo tinha em mente também nos ensinar a vivermos em busca da justificação.

Viver em justiça, significa viver de uma maneira correta, sempre amando e servindo a Deus e aos nossos irmãos em tudo. A verdadeira justiça, meus irmãos, vem de Cristo, pois Ele era o único justo entre os homens.

Se nós não recebermos a Cristo em nossas vidas, acima de qualquer pessoa, acima de qualquer coisa, acima de placas de igreja e acima de religiões; jamais seremos considerados justos diante de Deus. A justificação vem de Cristo e é um processo que devemos desejar e pedir diariamente. 

Precisamos buscar vivermos essa justiça que vem de Deus e não dos homens! Precisamos praticar a justiça, ou seja, vivermos de uma maneira que exalte o nome de Deus diante do nosso próximo. A Palavra do Senhor nos ensina em 2 Coríntios 5.21 que "Aquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que, nele, fôssemos feitos justiça de Deus". 

Por isso o nosso ministério se chama Frutos de Justiça, porque nós buscamos dignificar a Deus com as nossas atitudes e com as nossas palavras. Procuramos viver de uma maneira íntegra e honrada, sem lesar o nosso próximo e sem passar por cima do direito de ninguém, sempre procurando primeiramente privilegiar o outro à nós mesmos. 

Essa é a forma como o Senhor deseja que nós venhamos a viver! Não confiarmos na nossa própria justiça, mas buscarmos a justiça de Deus que vem através de Cristo, por meio de seu sacrifício na cruz. Essa será, verdadeiramente, a couraça que irá blindar o nosso coração e as nossas costas contra os ataques ardilosos do inimigo. Blindará o nosso coração contra o pecado e contra as acusações de Satanás. 

Que você possa receber esta Palavra com alegria e buscar sempre essa justiça. Na próxima semana aprenderemos um pouquinho sobre as sandálias do Evangelho da paz. Fique conosco, continue este estudo que só irá abençoar a sua vida. 

Que Deus abençoe a cada um dos amados irmãos e conceda muita paz e muitas bênçãos.

Leia Mais
Share:

domingo, 11 de setembro de 2016

Você está pronto para a volta de Jesus?



Que a  paz Senhor Jesus Cristo esteja com vocês, 

 “Mas quando o Espírito Santo descer sobre vocês, receberão poder para serem minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria e até nos confins da terra”. 
 Depois de ter falado isso, ele foi elevado ao céu e desapareceu numa nuvem, enquanto todos olhavam para ele. 
Eles ficaram com os olhos fixos no céu enquanto Jesus subia. De repente, dois homens vestidos de branco apareceram ali diante deles 
E lhes disseram: “Homens da Galileia, por que vocês estão olhando para o céu? Esse Jesus, que estava com vocês e que foi elevado ao céu, voltará do mesmo modo que vocês o viram subir!” 
(Atos, 1.8-11) 

Depois, que Jesus ressuscitou e ficou 40 dias aqui na terra ensinando e fazendo muitos milagres. Ele deu aos seus discípulos as últimas instruções como eles deveriam fazer, depois uma nuvem o envolveu em Glória.  Jesus sentou-se à direita do pai! 

Aqueles homens ficaram atônitos olhando para o céu, mas dois anjos disseram: porque vocês estão olhando para o céu?  Esse Jesus que vocês viram subir ao céu, esse mesmo Jesus voltará! 

Jesus antes, de voltar para o pai. Ele fez uma promessa que um dia ele voltará para buscar a sua noiva. Já faz mais de dois mil anos que Jesus voltou. Meus irmãos, essa semana eu comecei um propósito com Deus de 50 dias de jejum e oração, e nesses dias Comecei a ler 5 capítulos do novo testamento por dia. 

Em cada dia que eu lia, cada capítulo do ensinamento Jesus Cristo, cada vez, eu estava sendo assaltada pela palavra de Deus. Eu   comecei a me analisar e percebi que eu preciso melhorar e muito. Deus me dizia: Filha!  Você ter perdoado aqueles que se ofende? você tem amado os seus inimigos? você tem Me amado como deve me amar? 

É por isso, que eu estou escrevendo essa mensagem para vocês. Quero passar para vocês aí que o que o Senhor me fez acordar para a realidade. Deus quer na igreja dele um conserto genuíno o verdadeiro. Por que o tempo está acabado. 
A   minha noiva não está se preocupando com a minha volta,  está se preocupando com coisas vazias! A Bíblia fala que ninguém sabe o dia e nem a hora que ele voltará. 

Porque assim como o relâmpago brilha pelo céu de leste a oeste, assim será a vinda do Filho do Homem. 
(Mateus, 24.27) 

Infelizmente, muitas pessoas estão à procura teoria da prosperidade e menos sobre a cruz e o sacrifício feito por Jesus... 

Ei igreja é tempo de acorda! Ele está voltando para busca a sua noiva lavada pelo o sangue do cordeiro. 

As pessoas pensam que Jesus vai demorar voltar,  mas,  as escrituras sagradas não mentem,  se você parar para analisar os sinais que as escrituras sagradas descrevem muitos já estão acontecendo  pelo mundo. 

Eu descrever alguns desses sinais que as escrituras sagradas sita: 
Em Joel 2:31  e a lua se tornará vermelha como sangue. 

 “O sol vai escurecer, e a lua vai ficar vermelha como sangue, antes de chegar o grande e terrível dia do SENHOR. 
(Joel, ) 

Datas proféticas. 
As 4 luas de sangue ocorrerão justamente em datas festivas do calendário judeu. Não é preciso ser nenhum expert em bíblia ou teólogo para saber que a vinda de Jesus está profeticamente e diretamente relacionada com o povo judeu. 
1ª - 15/04/14 - ocorrerá durante a peça ou páscoa de 2014. 
2ª - 08/10/14 - ocorrerá durante a sukkot ou festa dos tabernáculos de 2014. 
3ª - 04/04/15 - ocorrerá durante a peça ou páscoa de 2015. 
4ª - 28/09/15 - ocorrerá durante a sukkot ou festa dos tabernáculos de 2015. 
Em Mateus 24  fala que os cristãos vão ser perseguidos 
Em Mateus 24.9 descrever que muitos cristãos vão ser perseguidos por amor

Então vocês serão perseguidos e condenados à morte, e vocês serão odiados no mundo todo por minha causa. 
(Mateus, 24) 

Não havia estatísticas dois mil anos atrás, mas pelos números populacionais de hoje, é possível afirmar que os seguidores de Jesus nunca foram tão perseguidos. A situação é especialmente difícil no Oriente Médio, o berço das maiores religiões do mundo. 

A crescente perseguição é alimentada principalmente pelo extremismo islâmico. A grande mídia muitas vezes minimiza os fatos, classificando de “limpeza étnica”, mas o fato é que a cristofobia é real. 

Esses  os sinais que a Bíblia fala que já estão acontecendo, é tempo de conserto da noiva de Cristo. É tempo de levar as coisas de Deus a sério, é tempo de colocar a casa em concerto. Pois, cada segundo está chegando a hora do rei Jesus voltar você está pronto para a volta dele? 
Medite  nessa palavra,  que Deus abençoe sua casa com chuva de bênçãos...

Leia Mais
Share:

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Armaduras espirituais: O Cinturão da Verdade

Irmãos e amigos, 
Que a paz esteja convosco!

Iniciamos hoje a nova fase de nosso departamento de ensino do Ministério. Estamos estruturando um projeto que irá abençoar a sua vida e a sua família. Começamos hoje e seguiremos todas as quartas-feiras neste projeto patrocinado pelo Núcleo de Discipulado e Consolidação deste Centro de Treinamento. 

Iniciaremos neste mês de Setembro uma série de ministrações referentes às armaduras espirituais, visto que vivemos em meio à uma batalha espiritual, e muitos cristãos têm sofrido ou até mesmo morrido por não saber como lidar e como lutar nesta batalha. 

Muitos dormem, estão desapercebidos e têm pago um alto preço por não usarem as armas adequadas para lutar. Vamos meditar sobre o que a Palavra do Senhor diz a este respeito: "Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes. Estais, pois, firmes, tendo cingido os vossos lombos com o CINTURÃO DA VERDADE..." Efésios 6.13-14.


Ao escrever sua carta para os amados da Igreja de Éfeso, o apóstolo Paulo estava vivendo duas realidades. Uma realidade física, material, que era sua prisão em Roma, na qual ele aguardava por julgamento. A outra realidade era realidade espiritual, na qual ele sofria batalhas e lutas travadas por amor ao Evangelho. Paulo compreendia que esta batalha não seria vencida com armas materiais, mas com armas espirituais. 
      
Paulo tomava como exemplo um soldado romano. Os soldados romanos formavam um dos regimentos mais bem preparados em toda a história da humanidade. Roma se expandiu, conquistou terras e formou um grande império graças, em parte, aos seus soldados. Paulo percebeu que os soldados romanos eram bem preparados e bem equipados e era por este motivo que eles venciam inúmeras batalhas. 
      
Paulo traz esta realidade material para a sua realidade espiritual e ensina a Igreja de Cristo a preparar-se para as batalhas espirituais que elas teriam de enfrentar ao longo de sua história. Muitas vezes nós nos abatemos em meio às nossas guerras porque não estamos usando as armas corretas. Paulo diz no versículo 12 que "nossa luta não é contra carne e o sangue, mas contra principados, potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais"
     
O Apóstolo nos ensina e encararmos as batalhas espirituais e fircarmos firmes. Mais do que isso ele nos traz uma reveleção referente a cada parte da armadura de um soldado romano e nos ensina a aplicá-la nas nossas batalhas espirituais. Vamos nos dedicar algumas semanas a aprender estas importantes pérolas espirituais a fim de aplicá-las em nossas vidas e sermos vitoriosos.
      
A primeira lição que Paulo nos ensina é sobre o CINTURÃO DA VERDADE. O cinturão era formada por sete a oito tiras de couro e cobertos de metal. O cinturão protegia a virília do soldado e era através deste cinturão que o soldado romano era reconhecido e destacado em sua comunidade, como uma autoridade imperial. Outra importância do cinturão era firmar as outras peças da armadura e sustentar a espada. 
        
VERDADE meus irmãos, deve ser a base que sustenta a nossa vida. Nós, como cristãos, precisamos ser reconhecidos e destacados na nossa sociedade por haver verdade em nossa vida, nossos posicionamentos e nossas palavras. A verdade tem que ser o sustentáculo da nossa vida, das nossas atitudes e da nossa fé. Assim como a espada era sustentada no cinturão, a nossa espada que é a Palavra de Deus deve estar firmadas na verdade que há em nossa vida. 
         
É somente a verdade que nos liga à Jesus, cuja "justiça foi o cinto de seus lombos, e a verdade, o cinto dos seus rins" Isaías 11.5. A verdade possibilita que nós pratiquemos a Palavra de Deus e nos possibilita usarmos a Palavra de Deus para nos proteger dos ataques do inimigo em meio as batalhas. É a verdade que nos possibilita avançarmos para fazermos a vontade de Deus. Sem conhecer e praticar a verdade, o cristão fica desprotegido, vulnerável aos ataques do diabo, o Pai da mentira. 
       
Que nós, meus irmãos, possamos a partir de hoje basear a nossa vida, as nossas palavras, as nossas atitudes e os nossos sentimentos na verdade, para termos o respaldo de Deus em nossas batalhas. Eu convido você a continuar conosco e acompanhar no próximo domingo a segunda mensagem desta série de estudos, onde iremos aprender sobre a couraça da Justiça. 

Que Deus te abençoe.

Leia Mais
Share:

domingo, 4 de setembro de 2016

Projeto de Vida 2016 #ProjetandoSetembro #SabedoriaParaFrutificar

Irmãos e amigos,
Que a Paz esteja convosco!

É com grande alegria que nesta tarde de domingo vos anuncio a Palavra do Senhor, com uma direção espiritual para este mês de Setembro.  

Vamos meditar em um texto da Palavra do Senhor que encontra-se em Esdras 7.25: "E você Esdras, com a sabedoria que o seu Deus deu a você, nomeie magistrados e juízes para ministrarem a justiça a todo o povo do território situado a oeste do Eufrates, a todos os que conhecem a lei do Seu Deus. E aos que não a conhecem você deverá ensiná-las". (NVI).


Segundo teólogos e historiadores, o espaço de tempo entre os seis primeiros capítulos do livro de Esdras e o capítulo 7 são de aproximadamente 70 anos. (458 a.C). "E, passadas essas coisas".

Em um intervalo de quase 70 anos, o Templo de Jerusalém fora reconstruído, o altar restaurado e os sacerdotes e levitas restituídos à suas funções. Houve arrependimento, quebrantamento, expiação e celebração. Jerusalém estava preparada para os próximos desafios, para a reconstrução dos muros e das casas. O Rei Artaxerxes havia entregado ouro, prata e legalidade ao povo de Deus. 

Profeticamente falando, até a último projeto, em Julho. Vivemos 7 Palavras Proféticas que serviram de base espiritual, de preparação para um projeto que Deus deseja construir a todos nós neste ano de 2016, um Sacerdócio por Excelência. De agora em diante, assim como foi com Esdras, a partir da sabedoria divina, precisamos tomar todos os subsídios espirituais que vivenciamos nestes meses para começarem desabrochar os primeiros frutos. 

O Rei Artaxerxes, da Pérsia, enviou uma carta a Esdras dando instruções para formalizar o projeto e nomear lideranças para Jerusalém. Enviou novamente recursos materiais e deu autonomia a Esdras, para continuar a frente do projeto e fazer tudo aquilo que ainda necessitava ser feito. 

A Palavra de Deus diz que o Senhor estava com Esdras, em tudo o que ele fazia, uma vez em que Esdras era um estudante assíduo da Lei de Deus e ainda se preocupava em praticá-la e ensiná-la a outros. 

Meus irmãos, não há a menor possibilidade do Senhor executar qualquer projeto, por menor que aparentemente seja, em nossa vida quando não há um compromisso verdadeiro em buscar a vontade a Palavra de Deus para ser vivida e para ser pregada. A Nação Santa necessita aprender este princípio e começar a meditar e buscar direções espirituais por meio da Palavra de Deus tal como Esdras fazia.

O primeiro passo nesta nova jornada que se iniciou na vida de Esdras foi administrar com eficiência os recursos enviados pelo rei, principalmente os recursos enviados com fins para expiação e o sacrifício. O segundo desafio seria nomear homens competentes, íntegros e preparados para a posição de ministros, auxiliares e juízes.

Tanto para o primeiro desafio, quanto para o segundo desafio, Esdras necessitava de sabedoria para que desse início a este projeto de frutificação. Para isso, ele estabeleceu um relacionamento íntimo com Deus que lhe subsidiou as direções necessárias à continuidade deste projeto.

Neste mês de Setembro o Senhor irá te capacitar e te dotar de sabedoria para frutificar e dar continuidade ao projeto de Sacerdócio por Excelência que Ele tem para nossas vidas. Busque a Palavra, medite, ore, se consagre e se relacione com Deus para que você esteja com o coração sensível àquilo que o Senhor irá te revelar, e que será fundamental para execução dos projetos que Ele tem para a sua vida a partir de Setembro.

O Ministério Frutos de Justiça foi chamado para dar suporte ao povo de Cristo no que se refere a base de ensino cristão para discipulado e consolidação. Nós queremos te auxiliar neste chamado. Pensando nisto, o Senhor estabeleceu o início de dois projetos que terão inicio a partir de Setembro.

1. Palavra Doutrinária: O CTB Frutificando, departamento de Ensino do nosso Ministério, por meio do Núcleo de Discipulado e de Consolidação irá iniciar um projeto que irá ao ar todas as quartas-feiras, a partir de 7 de Setembro, com o objetivo de discipular e fornecer sementes espirituais que auxiliem nosso povo no conhecimento da Lei de Deus e da Graça. NÃO PERCA!

2.  EFAM: A Escola de Formação e Aperfeiçoamento Ministerial, também do CTB, é uma escola patrocinada pelo Núcleo Teológico do Ministério. Consiste em curso de aprofundamento ministerial com dezesseis aulas divididas em quatro módulos. Neste mês, de Setembro, iniciaremos o primeiro módulo (dias 15, 16 e 17). O objetivo da escola é discutir com base teológica o relacionamento cristão com a sociedade no contexto contemporâneo. A ESCOLA É GRATUITA e forneceremos certificado para quem se inscrever. Inscreva-se aqui.

Temos muitos projetos neste mês de Setembro para abençoar você e a sua família. Em breve divulgaremos também um Projeto de Intercessão em favor do Brasil, em parceria com o Ministério Educativo Visão de Águias. Fique atento!

Revista-se de sabedoria para vencer em Setembro.

Leia Mais
Share:

ESAM (Primeira fase)

Fique por dentro