sábado, 21 de fevereiro de 2015

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

domingo, 15 de fevereiro de 2015

Não basta servir de longe, é preciso proximidade!


Povo de Deus, 
Que a Paz esteja convosco!

Quero meditar com os amados neste domingo em uma passagem bíblica que está em Mateus 27.54-56: "E o centurião e os que com ele guardavam a Jesus, vendo o terremoto e as coisas que haviam sucedido, tiveram grande temor e disseram: Verdadeiramente, este era o filho de Deus. E estavam ali, olhando de longe, muitas mulheres que tinham seguido Jesus desde a Galiléia, para o servir, entre as quais estavam Maria Madalena, e Maria, mãe de Tiago e de José, e mãe dos filhos de Zebedeu". 

Amados irmãos, o texto que citamos acima nada mais é do que o episódio da crucificação de Jesus. Após suas angustiantes últimas horas, após o julgamento de Pilatos, após horas de torturas, acoites e humilhações, Jesus estava pregado no madeiro, com o seu precioso sangue vertendo para salvar a humanidade. O nosso Salvador entrega ao Pai o Seu Espírito e curva sua fronte falecendo... Imediatamente sobreveio um grande terremoto e assustou todos os centuriões! O véu do templo se rasgou completamente, aquele homem que acabava de curvar sua fronte em meio a humilhação da cruz era de fato, o Filho do Deus Vivo.  

Algumas mulheres que serviram Jesus, que trabalharam ao lado dEle, que seguiam a Ele também estavam inseridas naquele cenário, porém escondidas, observando de longe o mestre entregando seus últimos suspiros em favor da minha e da sua vida... Mulheres que acompanharam o ministério de Jesus, fundamentais a carreira de Jesus, agora estavam ali, omissas, apenas observando de longe. Eu creio que este ato é legítimo... Elas estavam tomadas pelo medo, uma vez que todos os seguidores de Jesus também eram perseguidos pelo "poderoso" Império Romano... É compreensível, porém não é possível servir Jesus, observando-O de longe... É preciso estar perto! É preciso se envolver.

Quantas pessoas, hoje, estão representadas por aquelas mulheres?! Muitas! Pessoas iluminadas, pessoas que andaram com Jesus, que frequentaram igrejas, que ministraram, que cantaram, mas que hoje optaram por andar longe, por observar de longe! Pessoas que se intimidaram pelo medo... Medo do que os outros irão dizer, medo de pagar o preço, medo de renunciar os seus desejos... Pessoas que deixaram as coisas deste mundo encantá-las e que hoje não querem se aproximar de Jesus, apenas O observam de longe. 

Meus irmãos, talvez você esteja nesta situação, mas eu quero lembrá-lo neste domingo de que não há salvação e não há vida para quem está longe! As bênçãos e os privilégios da cruz estão acessíveis apenas para aqueles que estão perto, como aquele ladrão que entregou sua vida ao Senhor, na cruz ao lado, em seus últimos suspiros. Para receber a plenitude do Poder, da Graça e da Unção de Deus não basta observar o Senhor de longe, é preciso estar do lado dEle, é preciso andar com Ele, é preciso participar do sofrimento de Cristo na cruz, é preciso se entregar à vontade de Deus! Amém?!

Esta é a mensagem inspirada pelo Senhor para as nossas vidas neste domingo. 

Que o Senhor te abençoe e te dê uma ótima semana. 
Continue lendo ►

#Devocional (15/02/2015)



Vasil Vasilev

Continue lendo ►

sábado, 14 de fevereiro de 2015

Louvor da semana